terça-feira, 26 de fevereiro de 2008

Marques de Arienzo Crianza

Jovialidade e equilíbrio são as marcas registradas do Marques de Arienzo Crianza, vinho elaborado pela Bodegas Domecq, na Rioja, Espanha. Produzido com a uva Tempranilo (principal daquele país) e uma pequena parte de Graciano e Mazuelo, o Marques envelhece por 24 meses em barricas de carvalho americano e fica pelo menos outros 12 meses na bodega antes de chegar à taça do consumidor.

Muita gente pergunta por quê os vinhos espanhóis têm classificações de “Joven” e “Crianza”. Esse tipo de classificação é uma característica única da Espaha, que indica quanto tempo o vinho ficou envelhecendo em tonéis de carvalho. O “vino joven” é um vinho pouco envelhecido e não passa por esses barris. Já o “Crianza” envelhece no mínimo dois anos em tonéis carvalho. Os “Reserva” são vinhos superiores, envelhecidos pelo menos três anos. Por fim, os “Gran Reserva” envelhecem no mínimo cinco anos.

O Marques de Arienzo Crianza é um vinho persistente e com aroma bem frutado. Bom para ser acompanhado tanto com carnes ou massas ao molho de queijo. Atualmente está por R$ 60,31 no Pão de Açúcar. Já comprei mais barato, na faixa de R$ 35 a 40, durante promoção. É só ficar de olho.

2 comentários

MARCELO disse...

Fabiana, parabéns pelo blog! De muito bom gosto, assim como suas dicas. Lembrei que provei o Marquez de Arienzo algum tempo atr's.
Um blog que dá vontade de beber!
Marcelo Auto

Alinosa disse...

NOssa! Amo esse vinho. Uma vez fiz uma matéria sobre harmonizações de comida regional com vinho e ele casou perfeitamente com chambaril. Maravilhoso!