sexta-feira, 2 de maio de 2008

Primitivo di San Marzano

Já havia falado ligeiramente deste vinho aqui no blog. Porém, no último feriado, tive a oportunidade de tomá-lo novamente e resolvi fazer um comentário um pouco mais detalhado. O rótulo em questão é o italiano Primitivo Puglia IGT, do produtor Feudi Di San Marzano. Ele é elaborado 100% com a uva Primitivo, típica do sul da Itália. Essa mesma variedade existe nos Estados Unidos, onde é chamada de Zinfandel. Essa casta pode produzir ótimos vinhos se houver uma boa seleção na hora da colheita, pois em um mesmo cacho é normal encontrar uvas em estágios diferentes de amadurecimento. Produzem vinhos encorpados e robustos.

Pois bem, o rótulo provado foi o da safra 2006. Apresentou cor rubi e aroma intenso, com toques de ameixa, especiarias e baunilha. Na boca não me pareceu um vinho típico, pois é frutado e o álcool está bem presente, lembrando o “estilo” dos vinhos do Novo Mundo. Mesmo assim, é um vinho bem feito e está adequado para a sua faixa de preço. Tem graduação alcoólica de 13.5% e rolha sintética. No Recife está por R$ 24,66, na importadora Vinhos Recife.