segunda-feira, 14 de julho de 2008

Trivento Pinot Noir - 2007

Este vinho foi o escolhido pela Confraria Brasileira de Enoblogs para ser comentado no mês de julho. Ainda não havia achado aqui no Recife, mas o confrade Laércio, do blog pernambucano Avaliador de Vinhos, gentilmente me presenteou com uma garrafa. Inclusive, ele está promovendo um concurso cultural, onde o vencedor poderá levar uma amostra do Trivento Pinot Noir (consulte aqui o regulamento).

Normalmente, quando abro um vinho feito no Novo Mundo com a uva Pinot Noir fico torcendo para que ele me surpreenda (originária da França, essa uva tem um cultivo difícil e produz na região da Borgonha os vinhos mais admirados do mundo). O Trivento foi produzido na região de Mendoza, na Argentina, que não oferece o clima tão frio quanto essa uva gosta. Mesmo assim, o resultado me agradou. É um vinho jovem, mas que já dá para ser bebido com prazer. Na taça, o que mais me chamou a atenção foi a sua coloração rubi, bem mais escura do que a maioria dos Pinot Noir. Tem aromas envolventes de frutas silvestres, como framboesas. Na boca, mantém um agradável frutado, ligeira acidez e taninos presentes, mas tudo bem equilibrado. É um vinho que acompanha bem pratos leves. Arrisquei com uma pizza de lombo canadense e gostei. Seu teor alcoólico é de 13,5%.

O Trivento Pinot Noir tem um bom custo-benefício. Custa na faixa de R$ 20. No Recife, segundo o confrade Laércio, pode ser encontrada na Ingá Vinhos (confira endereço).

2 comentários

Avaliador de Vinhos disse...

Obrigado pela força, confreira!

Saúde!

Vinho para Todos disse...

Fabiana, fico feliz que tenha postado comentário e inaugurado sua participação em nossa "Confraria".

Não se esqueça do compromisso do dia 1º de agosto: CONCENTUS PIZZATO 2004.

Saúde!!!

VPT