terça-feira, 8 de julho de 2008

Vinho com feijoada

Quando se fala em bebida para acompanhar uma feijoada, normalmente o que vem logo à cabeça da maioria dos brasileiros é uma cerveja bem gelada ou uma caipirinha. Mas quem gosta de vinho, se ainda não fez o teste, certamente já deve ter questionado se a bebida combina com o prato que é o símbolo da culinária nacional.

No último fim de semana, ouvi o vice-presidente da Associação Brasileira de Sommeliers (ABS-SP), Mário Telles, comentando sobre uma harmonização com feijoada promovida pela entidade há algum tempo. Segundo ele, o vinho que melhor casou com o prato foi um Lambrusco produzido em sua verdadeira região de origem, a Emilia-Romagna, na Itália. Trata-se de um vinho tinto, levemente frisante (com um pouco de gás), seco e bem frutado. A sua alta acidez e o gás combinam com comidas pesadas, dando a sensação de cortar a gordura.

Já o jornalista e crítico de vinhos Renato Machado afirma que feijoada pede vinhos rústicos e também com uma certa acidez. “Um bom Malbec da Argentina ou um Cabernet Sauvignon chileno bem jovem seriam ideais para acompanhar”, diz ele.

Recentemente fizemos um teste desses. Imaginem só a cena: quatro pernambucanos convidados para uma feijoada em São Paulo chegam à casa do anfitrião trazendo... vinho! Passada a fase da desconfiança, depois de abrirmos a primeira garrafa, partimos para a mesa com um Benjamin Nieto Cabernet Sauvignon – 2007 já nas taças. Um vinho simples e bem feito, com bom custo-benefício que acompanhou muito bem o prato, deixando a cervejinha esquecida na geladeira. (O vinho está em oferta no Pão de Açúcar, por R$ 12,90). E você, já experimentou alguma combinação?

4 comentários

AVALIADOR DE VINHOS disse...

Ótima matéria, Fabiana!

As dicas foram ótimas.

Espero a "confreira" quinta no JC.

Abraço!

Unknown disse...

Excelente escolha que o Diario de Pernambuco fez.
Com parceiros qualificados o caminho é sempre a consolidação da imagem de qualidade.
Parabéns ao Diário de Pernambuco.
E tim!tim! pra você Fabiana.

Túlio Montenegro

Anônimo disse...

Fabiana,

Experimente um Tannat uruguaio ou algum bom espumante brasileiro...Pode funcionar.

Eduardo disse...

Olá! Se alguém tiver interesse numa harmonização interessante entre vinho e feijoada, tenho 2 garrafas de um vinho muito sugestivo, o Feijoada & Co. 2008. Maiores informações em edununesc@yahoo.com.br ou 11-97471-1112. Obrigado!