terça-feira, 8 de julho de 2008

Vinho com feijoada

Quando se fala em bebida para acompanhar uma feijoada, normalmente o que vem logo à cabeça da maioria dos brasileiros é uma cerveja bem gelada ou uma caipirinha. Mas quem gosta de vinho, se ainda não fez o teste, certamente já deve ter questionado se a bebida combina com o prato que é o símbolo da culinária nacional.

No último fim de semana, ouvi o vice-presidente da Associação Brasileira de Sommeliers (ABS-SP), Mário Telles, comentando sobre uma harmonização com feijoada promovida pela entidade há algum tempo. Segundo ele, o vinho que melhor casou com o prato foi um Lambrusco produzido em sua verdadeira região de origem, a Emilia-Romagna, na Itália. Trata-se de um vinho tinto, levemente frisante (com um pouco de gás), seco e bem frutado. A sua alta acidez e o gás combinam com comidas pesadas, dando a sensação de cortar a gordura.

Já o jornalista e crítico de vinhos Renato Machado afirma que feijoada pede vinhos rústicos e também com uma certa acidez. “Um bom Malbec da Argentina ou um Cabernet Sauvignon chileno bem jovem seriam ideais para acompanhar”, diz ele.

Recentemente fizemos um teste desses. Imaginem só a cena: quatro pernambucanos convidados para uma feijoada em São Paulo chegam à casa do anfitrião trazendo... vinho! Passada a fase da desconfiança, depois de abrirmos a primeira garrafa, partimos para a mesa com um Benjamin Nieto Cabernet Sauvignon – 2007 já nas taças. Um vinho simples e bem feito, com bom custo-benefício que acompanhou muito bem o prato, deixando a cervejinha esquecida na geladeira. (O vinho está em oferta no Pão de Açúcar, por R$ 12,90). E você, já experimentou alguma combinação?

4 comentários

Avaliador de Vinhos disse...

Ótima matéria, Fabiana!

As dicas foram ótimas.

Espero a "confreira" quinta no JC.

Abraço!

Tulio disse...

Excelente escolha que o Diario de Pernambuco fez.
Com parceiros qualificados o caminho é sempre a consolidação da imagem de qualidade.
Parabéns ao Diário de Pernambuco.
E tim!tim! pra você Fabiana.

Túlio Montenegro

Le Vin au Blog disse...

Fabiana,

Experimente um Tannat uruguaio ou algum bom espumante brasileiro...Pode funcionar.

Eduardo disse...

Olá! Se alguém tiver interesse numa harmonização interessante entre vinho e feijoada, tenho 2 garrafas de um vinho muito sugestivo, o Feijoada & Co. 2008. Maiores informações em edununesc@yahoo.com.br ou 11-97471-1112. Obrigado!