quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Tapada de Coelheiros Chardonnay - 2006

Assim como os outros vinhos da linha Tapada de Coelheiros, o Chardonnay chama a atenção pela sua garrafa e a bela ilustração do rótulo. É um elegante Vinho Regional Alentejano produzido pela vinícola Herdade dos Coelheiros, propriedade familiar que também se destaca pela produção de cortiça e nozes.

Elaborado pelo enólogo António Saramago, o vinho tem em sua composição 100% da uva Chardonnay. A bebida fermentou em carvalho francês novo a 16º C, passando mais três meses de descanso na garrafa. Tem 14% de teor alcoólico. A coloração é amarelo-palha, com a presença de alguns cristais. Seus aromas são de frutas como o abacaxi e a maçã verde, revelando ainda notas de baunilha e um ligeiro amanteigado. Mostra boa acidez e volume na boca. É um vinho fresco e pouco persistente. Vai bem com peixes e mariscos. O único problema é o seu preço. Importado pela Mistral, é um rótulo que está na faixa acima dos R$ 100. Enquanto isso, lá em Portugal, os sortudos patrícios compram a €15.50. Quem trará em breve este vinho para o Recife é o Club Du Vin (endereço aqui).