quinta-feira, 18 de setembro de 2008

Domaine Conté Selección de Barricas Carmenère - 2007

Na época do verão, no Recife, o jambo é uma das frutas que podem ser facilmente encontradas à venda nas feiras e nas ruas. Nas casas com quintal, é normal que exista um jambeiro. No tempo da frutificação, essa bela árvore forra o chão com os fios de suas flores avermelhadas, dando um colorido especial ao ambiente. Pois bem, estou falando do jambo porque o aroma e o sabor do Domaine Conté Selección de Barricas Carmenère me lembraram muito esta fruta, que está entre as minhas preferidas e traz ótimas recordações da infância.

De coloração rubi fechada, com reflexos violáceos, a bebida tem também aromas que lembram chocolate e nozes. É um vinho sedoso, com médio corpo, que além do paladar frutado ainda apresenta toques de especiarias e taninos macios. O Domaine Conté é produzido no Chile pela Beringer Bless, empresa sediada na Califórnia e que pertence ao grupo australiano Foster’s – um dos maiores conglomerados do mundo do vinho. Elaborado 100% com a uva Carmenère, é um vinho jovem de ótima qualidade. Estagiou seis meses em madeira e possui teor alcoólico de 13,5%. É importado pela Zahil, onde custa de R$ 34. No Recife, pode ser encontrado no Nez/Zahil (ver endereço). Tomei no restaurante Pomodoro Café, onde a garrafa sai por R$ 68. Classificação: muito bom.

1 comentário

Anônimo disse...

Jambo !!! é isso ! ao ler esse depoimento, estava tomando o Domaine Conté Carmenére pela segunda vez, a primeira foi ontem em Porto Alegre, hoje estou em sampa e resolvi degustá-lo, novamente...é jambo ! o sabor d aminha infância no bairro da Encruzilhada, os jambos do cemitério de Santo Amaro ! JAMBO !!!!