quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Prova Esporão Crasto – 3ª parte

A terceira parte da prova Esporão Crasto, promovida no Recife pela LD - Licínio Dias Importação deu espaço para os monovarietais (vinhos elaborados com uma só uva), fechando com um rótulo que para mim foi um dos melhores da degustação: o Esporão Private Selection, feito com as castas Alicante Bouschet e Aragonês.

Confira os rótulos provados:

Alicante Bouschet – 2004
Vinho interessante, com coloração rubi bem viva e reflexos violáceos. Os aromas são de frutos vermelhos e couro. Seu sabor também é frutado, com bom equilíbrio de madeira. Tem 14,5% de álcool e passou seis meses em barricas de carvalho americano e francês, mais seis meses em garrafa antes de sair para o mercado.



Aragonês – 2004
Este é um rótulo mais robusto, com boa persistência na boca. No nariz sugere aromas de compotas, com um leve toque de madeira. Taninos bem presentes na boca. Segundo o enólogo Luiz Patrão, acompanha bem carne de porco. A bebida passou seis meses em carvalho francês e seis meses em garrafa.



Syrah – 2004
Cor viva e concentrada na taça, com notas de chocolate, menta e tostados no nariz. É um vinho encorpado, com sabor de frutas vermelhas. Estagiou seis meses em barricas de carvalho americano e francês, mais seis meses em garrafa. Seu teor alcoólico é de 14,5%.




Touriga Nacional – 2004
De coloração violeta, este vinho tem ótima intensidade aromática, com notas florais, de tabaco e frutos silvestres. Na boca é elegante, mantendo o toque floral e boa persistência. Representa bem a tipicidade da casta Touriga Nacional. A graduação alcoólica é de 14% e o envelhecimento foi de 18 meses em barricas novas de carvalho francês.



Trincadeira – 2004
Feito com a casta mais importante do Alentejo, a Trincadeira, este vinho mostra bem as características dessa uva, com aromas florais e de ameixa, com um leve toque de baunilha. Encorpado e com bom equilíbrio, os seus sabores remetem a frutas vermelhas maduras. Sua coloração é rubi e o teor alcoólico é de 14,5%.



Esporão Private Selection Garrafeira – 2004
Um vinho muito bom, elaborados com as castas Alicante Bouschet e Aragonês provenientes dos melhores lotes de 600 hectares próprios, com vinhas de 30 anos. O Garrafeira estagiou 18 meses em carvalho francês novo, repousando mais 18 meses em garrafa antes de ser comercializado. Tem coloração granada e aroma complexo, envolvendo frutas maduras, especiarias e tabaco. O sabor é rico, concentrado, com taninos macios e final longo. Tem 14,5% de álcool.

3 comentários

Avaliador de Vinhos disse...

Seria possível, Fabiana, informar o preço desses vinhos?

Abraço!

Fabiana Gonçalves disse...

Eles não forneceram tabela de preços durante o evento.Os portugueses não passaram informação precisa sobre os preços. Mas vou tentar com o distribuidor. Sempre que posso, informo os valores.

Grande abraço!

Alexandre disse...

Oi Fabiana...

escrivinhando....rsss
(sempre acho engraçado isso...)

Esporão foi uma das melhores esperiências que tive com os portu
gueses até agora.

Em particular:

Vinho da Defesa Rosé: excelente!
Alandra: acima da média para o dia-a-dia
Esporão Reserva: sem comentários!
;o)

abs!
Alexandre