terça-feira, 18 de novembro de 2008

Acontece

O Club Du Vin, no Recife, promove nesta quinta (20), às 19h30, um curso de Aromas e Degustação ministrado pelo português José Carlos Santanita, eleito o Pedagogo do Vinho em 2007. Na ocasião, serão conhecidos vinhos da Tapada de Coelheiros, uma das mais conhecidas produtoras de vinho da região Alentenjo.

Segundo Ana Cecília Santos, proprietária do Club du Vin, o primeiro curso, em julho, foi um sucesso. "Ficamos com uma lista de espera, e para atender aos clientes estamos promovendo essa segunda edição". A idéia é desenvolver no aluno a capacidade de percepção através do contato com aromas naturais. “O curso é educativo e bastante animado, e os participantes poderão aprofundar seus conhecimentos sobre a cultura do vinho", afirma ela.

O investimento é de R$ 120, e o participante recebe apostila e certificado.

Mais informações e inscrições:
Club du Vin - Rua Solidônio Leite, 26, Boa Viagem
Fone: (81) 3326-5719.

Vinícola Aurora lança embalagens para o fim do ano
A Cooperativa Vinícola Aurora desenvolveu embalagens especiais para seus vinhos como idéia para presentear no fim de ano. As embalagens, em forma de maleta e com a identificação visual de cada linha no seu exterior, são compostas de garrafa e acompanhamento (decanter ou taças). A Aurora teve o cuidado de compor esses kits com as taças adequadas para o consumo de cada tipo de vinho, informando ao consumidor a maneira certa de servi-lo.

A linha de espumantes vem em estojos com uma garrafa e duas taças tipo flute. Já as garrafas dos espumantes Conde de Foulcaud estão acompanhadas por uma taça do mesmo tipo. O vinho de sobremesa Colheita Tardia ganha uma taça pequena e os vinhos Marcus James tintos chegam acompanhados por um decanter.

Mais informações: http://www.vinicolaaurora.com.br/

Crise faz preço de vinhos finos despencar
Will Smale
Da BBC News


A crise econômica mundial está provocando uma forte queda no preço de alguns dos vinhos mais caros do mundo.

Alguns dos vinhos mais cobiçados por especialistas perderam até um quarto do seu valor desde o começo da recessão em alguns países ricos, na metade do ano.
Segundo a empresa britânica Berry Brothers and Rudd (BBR), o preço de uma caixa do famoso vinho francês Chateau Lafite Rothschild, da região de Bordeaux, caiu cerca de 25% no verão europeu.

Em julho, uma caixa com 12 garrafas custava US$ 15,7 mil (cerca de R$ 35 mil, ou R$ 1.850 por garrafa). Neste mês, a mesma caixa sai por US$ 11.790 (aproximadamente R$ 26 mil).

Nos últimos anos, os vinhos tintos das regiões de Bordeaux e Borgonha têm sido muito procurados por milionários chineses. Mas segundo a BBR, que tem lojas em Xangai, Hong Kong e Macau, a queda da demanda e do preço dos vinhos finos está acontecendo em todo o mundo.

"Se estamos vendo agora os preços no seu nível mais baixo, ninguém sabe", disse o diretor de vinhos finos da BBR, Simon Staples.

"A demanda [por vinhos finos] caiu desde o verão com o agravamento dos problemas econômicos. Eu acho que muitos dos nossos clientes ainda conseguem comprar [os vinhos mais caros], mas em vez disso, com os problemas globais, eles estão atualmente mais preocupados em administrar os seus negócios e investimentos financeiros".

3 comentários

Eduardo Ferreira - RM Express disse...

Olá Fabiana, costumo sempre visitar seu blog para me manter atualizado sobre o mundo dos vinhos. Estás de parabéns pelos conteúdos.

Abraço

Fabiana Gonçalves disse...

Obrigada, Eduardo. Tenho me esforçado para manter o blog sempre atualizado. Continue visitando sempre. Por falar em visita, também sou assídua do RM Express.

Abraço,
Fabiana

O mundo de Baco disse...

Oi Fabiana,
Otimo seu blog, é uma pena que a queda do preço dos vinhos não tenha chegado aos, que os "pobres mortais" brasileiros, que apreciam esta bebida maravilhosa e o consideram como um "santo" remedio, tem acesso nos mercados e adegas.

Saude e Tim, Tim
Tomaz Robinson