sexta-feira, 3 de abril de 2009

Club du Vin distribui vinhos de boutique da Lídio Carraro

Os que andam à caça de boas novidades em termos de vinhos têm voltado cada vez mais a atenção para os rótulos elaborados pelas chamadas vinícolas boutique. Estes estabelecimentos prezam pela produção reduzida e pelos cuidados especiais na preparação dos seus vinhos. Algumas vinícolas brasileiras já se enquadram nesse conceito e vêm surpreendendo os consumidores, inclusive arrebatando prêmios no exterior, como é o caso da gaúcha Lidio Carraro, que acaba de chegar ao Recife.

Durante uma apresentação no restaurante Villa, no Espinheiro, o enólogo Juliano Carraro (foto) comentou sobre alguns rótulos que o público do Recife e de outras capitais do Nordeste agora terá acesso, distribuídos exclusivamente pelo Club du Vin. O primeiro deles foi o espumante Reserva da Serra Brut (R$ 32), harmonizado com entradas como carpaccio, patês, torradas e frios. É um espumante fresco, que denota boa qualidade, com bolhas em abundância e boa persistência. Suas principais características de aromas são frutas brancas, como o melão, e um toque floral. Na boca, predominam notas de mel e uma ótima acidez. A bebida faz parte da SulBrasil, uma linha de vinhos e espumantes Premium, feitos para o consumo mais frequente. O teor alcoólico é de 12%. Classificação: bom.
Outro vinho leve da mesma linha é o Da’divas Rosé 2008 (R$ 39 a R$ 45), elaborado com uma mistura de uvas, segundo Juliano Carraro, “totalmente fora do convencional”: Touriga Nacional, Merlot, Tempranillo e Pinot Noir. É um vinho rosé de bonita coloração cereja, com flores e frutas no aroma, destacando-se na boca o gosto de morango. Tem 12,5% de álcool. Classificação: muito bom.

Da Sul Brasil ainda sai o Reserva da Serra Merlot / Cabernet Sauvignon 2005 (R$ 33). Um tinto delicado e fresco, com chocolate, ameixa e especiarias no olfato, corpo médio e leveza na boca, que vai bem com pratos simples, como pizza. Estetem graduação alcoólica de 13,5% Classificação: bom.

Já da linha Lidio Carraro, mais “top”, uma boa opção é o Elos Cabernet Sauvignon / Malbec 2006 (R$ 88). De acordo com Juliano, este rótulo é a expressão mais jovem da vinícola. É um vinho de médio corpo e boa persistência, onde predomina a Malbec, apesar daquela uva compor apenas 20% da bebida. Os aromas são de compotas de frutas vermelhas, mantendo na boca o sabor frutado, com um interessante toque de pimenta. Tem 14% de álcool. Classificação: bom.

Para acompanhar o almoço, um filet francês (medalhão de filé grelhado ao molho de mostarda à l’ancienne com purê de batatas levemente temperado com pesto de tomates secos e batatas chips), a harmonização foi com o rótulo Lídio Carraro Quorum Grande Vindima 2005 (R$123). Elaborado apenas em safras excepcionais, este é um ótimo vinho, de boa intensidade aromática, incluindo notas de ameixa, café e tostado. Elegante e com taninos maduros, tem potencial de até 30 anos para guarda. Classificação: excelente.

A sobremesa, o bolo de rolo do Villa, caiu divinamente bem com o espumante Reserva da Serra Moscatel (R$ 32). A iguaria do restaurante leva finas fatias de bolo de rolo acompanhadas de queijo coalho grelhado, goiaba em calda e sorvete de creme, ingredientes que contrastam positivamente com o sabor de maçã verde e pêssego do espumante, fechando com chave de ouro a refeição. Este tem apenas 8% de álcool. Classificação: muito bom.

PRODUÇÃO – Nenhum vinho Lídio Carraro passa por madeira ou é filtrado. O objetivo é dar identidade à produção, valorizando as peculiaridades da terra. Na linha SulBrasil, são produzidos apenas 3,3 kg de uvas por videira. Já na Lídio Carraro, cada videira dá de 1,2kg a 1,4 kg. Nas cepas Tannat e Nebbiolo, que dão origem a outros vinhos de ponta da vinícola, apenas 1kg de uva por videira é colhido. O resultado é uma produção de 120 mil garrafas por ano da linha SulBrasil e 50 a 60 mil garrafas da lídio Carraro.

As bebidas estão à venda no Club du Vin e também serão comercializadas no Villa.

Serviço:
Club du Vin
Rua Solidônio Leite, 26, (esquina com a Av Conselheiro Aguiar), em Boa Viagem, Recife.
Fone: (81) 3326-5719

1 comentário

Rodrigo disse...

Adorei ler isso Fabi,
sempre quis ter a oportunidade de comprar sempre q quiser os rotulos da Boutique de vinhos Lidio Carraro.


Os preços é q acho nao muito em conta.