segunda-feira, 4 de maio de 2009

O que ver no Expovinis 2009

Selecionei algumas dicas do que vai estar rolando no Expovinis Brasil 2009, que acontece esta semana (dias 05 a 07) no Transamerica Expo Center, em São Paulo. Vamos lá:

KMM
John Duval - A importadora mostra, entre as suas novidades na feira, os vinhos de um dos maiores enólogos da Austrália: John Duval. Os vinhos de Duval têm a marca de seu cuidado artesanal, característica que o torna cultuado em todo o mundo. São eles: Entity (100% Shiraz, com 18 meses de carvalho americano e francês), Plexus (corte de Shiraz, Grenache e Mourvèdre, com 16 meses de carvalho francês) e Eligo (um Shiraz com 5% de Cabernet Sauvignon que passou 20 meses em carvalho francês), todos com 14,5% de álcool.

La Ronciere – A KMM aposta na vinícola chilena La Ronciere, com a presença de seu produtor, Alejandro Orueta, terceira geração da família fundadora, que desde 1949 planta nos vales do Colchágua e Cachapoal. Integram o portfólio da importadora as linhas Alpaca, La Ronciere Selection e La Ronciere Reserva, além de dois dos três vinhos Premium da vinícola: Late Harvest de Riesling, elaborado em sistema semelhante aos ice wine, e o tinto Nudo, um Cabernet Sauvignon de Colchágua, medalha de ouro no Catad´Or Hyatt 2008 .

Riesling - A KMM mostra também no Expovinis 2009, Mesh Riesling 2007, de Éden Valley, elaborado a partir da associação entre Robert Hill Smith - proprietário da Yalumba, a maior vinícola familiar da Austrália - e o afamado produtor Jeffrey Grosset.

Patagônia - Da vinícola argentina Família Schroeder chegam duas novidades: Deseado Sparkling, um espumante de Torrontés (medalha de ouro no Concurso Mundial de Bruxelas) e, na linha Saurus o Chardonnay da safra 2007 com três meses de carvalho americano.

VINÍCOLA PERINI
Pioneira na elaboração de Moscatéis no país, a Vinícola Perini apresenta, durante o evento lançamentos como o Perini Moscatel 10, criado em comemoração aos 10 anos do primeiro Moscatel brasileiro.

Ainda na linha de espumantes especiais, há o Perini Nature, variedade com baixa concentração de açúcar e edição limitada. Outra novidade é o Licoroso, vinho branco elaborado a partir da combinação de uvas finas aromáticas com alto grau de maturação, ideal para sobremesas.

O público também poderá conhecer o Perini Solidário, vinho tinto seco fino, primeiro vinho do Brasil cuja comercialização beneficia financeiramente a Federação Brasileira de Hemofilia e o Instituto da Mama do RS, em uma ação inédita neste mercado.

Todos esses produtos poderão ser degustados no Brazilian Sparkling Wine, um novo espaço do Expovinis Brasil 2009 que reunirá 24 vinícolas do Rio Grande do Sul e do Vale do São Francisco com o objetivo de promover os espumantes nacionais.

ROSÉS DA PROVENCE
Com presença confirmada do Presidente do Conseil Interprofessionnel des Vins de Provence (CIVP), Jean-Jacques Breban, produtores e representantes franceses de cada uma das nove vinícolas que formam o Provence Club Brasil vêm ao país com o objetivo de confirmar a supremacia da Provence entre os rosés do Expovinis.

Bicampeão na categoria rosé no Top Ten, concurso que elege os melhores rótulos do evento, o Château de Pourcieux pretende garantir o tricampeonato depois das duas conquistas consecutivas, em 2007 e 2008. “Mas haverá muita concorrência de sua própria região”, garante Raphael Allemand, coordenador do Provence Club Brasil.

Segundo dados do CIVP, esse ano os apreciadores de rosés poderão descobrir vinhos de boa qualidade, pouco alcoolizados e com cores claras que a safra 2008 permitiu produzir, conforme a tipicidade da região. A nova safra atinge também um marco histórico que ilustra a vocação da região, pois de cada dez garrafas produzidas na Provence, oito são de vinho rosé.

Em sua quarta participação no Expovinis, o Provence Club Brasil traz novidades. Além da nova safra das vinícolas já representadas no país, o grupo também destaca o Château Ferry Lacombe e Château L'Escarelle, duas novas vinícolas ainda sem importadoras que fazem sua primeira viagem ao Brasil.

VIÑA VENTISQUERO
A chilena Viña Ventisquero fará o pré-lançamento do Herú, seu novo Pinot Noir super premium, no Expovinis 2009. O vinho vem do Vale de Casablanca, berço dos Pinot Noir da Viña Ventisquero, batizado com o nome do duende que inspira a sua elaboração e protege o solo de sua região de origem.

Além do lançamento, a Viña Ventisquero traz ao Expovinis 2009 outros rótulos de destaque, como seu vinho ícone, o Pangea, e o super premium Vertice, elaborados a quatro mãos pelo enólogo chefe da vinícola, Felipe Tosso, e John Duval, um dos mais prestigiados enólogos do mundo.

CASA VALDUGA
Para homenagear o cinquentenário da morte de um dos principais compositores da música universal, a Casa Valduga produziu o Heitor Villa-Lobos Gran Reserva Cabernet Sauvignon 2005. Elaborado com a cepa Cabernet Sauvignon, estagiou12 meses em barricas de carvalho francês de primeira passagem. O vinho vem envolto em papel de seda com trechos das Bachianas Brasileiras, série de nove composições considerada a obra-prima no conjunto das centenas de músicas do artista.

CANTU
Além dos supertoscanos da I Giusti & Zanza, e dos portugueses da Quinta do Ventozelo, a importadora celebra o Ano da França no Brasil trazendo os tintos e brancos da Xavier Vignon e os aclamados champagnes Mountaudon, que terão lançamento oficial realizado durante o Expovinis Brasil.

Champagne Montaudon – Produtora da bebida com o célebre M vermelho estampado no rótulo, a Montaudon é uma das poucas maisons de Champagne que ainda pertencem totalmente à família fundadora, hoje em sua quarta geração.

Xavier Vignon - Também da França, a Cantu traz os vinhos da Xavier Vignon, elaborados em vinhedos da região montanhosa de Ventoux, dos solos argilosos de Pic Saint-Loup e, surpreendentemente, de famosos campos que a vinícola faz questão de não divulgar. O resultado de tal mistério é o Chateuneuf Anonyme, que tem em seu nome o segredo de sua origem. Além do Anonyme, Chardonnay, Ventoux, Pic Saint-Loup, Chateuneuf Rouge e Xavier Rouge são outros rótulos da vinícola que desembarcam no Brasil.

Volto depois com mais dicas.

1 comentário

Anônimo disse...

Olá ,
E vinhos Portugueses , algum bom ?