segunda-feira, 29 de junho de 2009

Quinta de Cabriz

Brasil, Portugal, Espanha e França: rótulos dessas quatro nacionalidades contribuíram para fazer a alegria de um animado grupo de amigos neste fim de semana, num encontro na casa dos colegas C.H. e Rafinha. Entre os vinhos tomados, destaque para dois clássicos do Dão, embora grande parte dos presentes tenha preferido o espanhol Don Román, já comentado aqui no Escrivinhos.

Aí vai a resenha:

Quinta de Cabriz Touriga Nacional– 2003

Considerada a uva mais importante de Portugal, a Touriga Nacional compõe 100% este vinho. É um rótulo de guarda, que ainda aguenta vários anos na garrafa, embora já esteja em pleno esplendor. A cor é granada, com numerosas e curtas lágrimas que se formam na parede da taça. Os aromas já mostram boa complexidade, destacando-se frutas escuras, como a ameixa, cravo, baunilha e toques ligeiramente florais. É uma bebida que enche a boca, com bom “peso”. Fruta e madeira corretíssimos e taninos elegantes. O final é longo e agradável.

Classificação: Excelente.
Faixa de preço: R$ 100 (importado pela Expand).


Quinta de Cabriz Reserva – 2005

Quem entra na composição deste rótulo são as uvas Touriga Nacional, Alfrocheiro e Tinta Roriz. Na taça, uma bela coloração rubi, e assim como no vinho acima, curtas e numerosas lágrimas. O que chama a atenção nos aromas, também bastante complexos, são toques de frutas vermelhas,como morango, a madeira em quantidade correta e um delicioso toque de café. É um vinho potente, com uma interessante característica na boca: ao mesmo que é ligeiramente frutado, tem um apimentando como pano de fundo. Este ainda suporta até uns quinze anos mais na garrafa. Ainda tem muito a evoluir, certamente ficará excelente.

Classificação: Muito bom.
Faixa de preço: R$ 69 (importado pela Expand).

Brindes a todos que participaram do encontro (até à namorada invisível de Guilherme)!.

1 comentário

NOSSO VINHO disse...

Ainda ontem estava conversando por email com uns amigos sobre este Quinta do Cabriz Reserva, muito boa compra. Como estão as vendas da Expand em Recife?
Abraços
Paulo Queiroz