sexta-feira, 31 de julho de 2009

13º encontro da CAVAS

O restaurante Ponte Nova, no Recife, foi o local escolhido para o 13º encontro da Confraria Amigos do Vinho do Vale do São Francisco (CAVAS), realizado esta semana. O cardápio foi assinado pelo chef Joca Pontes e as bebidas fornecidas pela Vinhos Recife.

De início, os confrades puderam degustar um couvert servido em forma de coquetel, que caiu bem com o espumante servido:

Nieto Senetiner Brut Nature

Elaborado com a uva Pinot Noir, em Mendoza, na Argentina, é um espumante de coloração salmão claro produzido pelo método Charmat Longo. Na taça, apresenta bolhas em quantidade e com média persistência. Aromático, traz ao nariz notas de maçã, florais e um leve tostado. É uma bebida refrescante, que vai bem geladinha. A graduação alcoólica é de 12,5%.

Classificação: regular/bom
Faixa de preço: R$ 35 a R$ 40

O chef Joca Pontes preparou de entrada um ravióli ao vapor, rechado com um picadinho de frango defumado e camarão temperado com manteiga branca de limão, caldo dashi ao perfume de coco e pimenta do reino. Saboroso!

El Galgo Malbec Reserva – 2004

Este foi o vinho escolhido para acompanhar o jantar. Diga-se de passagem, uma feliz escolha. É um vinho de bom custo benefício, com características do Velho Mundo. Produzido pela Bodega Carinae com uvas Malbec provenientes de vinhedos com mais de 80 anos, o El Galgo tem coloração rubi com reflexos violáceos. Na boca, destacam-se frutas como ameixa e morango, além de um leve mentolado, acompanhado de um sabor de baunilha (este último, provavelmente originado pelo carvalho francês pelo qual o vinho passou).

É um vinho bem estruturado, muito agradável à boca, que mantém o caráter frutado, taninos de qualidade e média persistência. Escolhi para acompanhá-lo um penne rigate, mas ele ficou bom mesmo foi com um cordeiro prensado e grelhado ao molho thai.

Classificação: Muito Bom
Faixa de preço: R$ 45

De sobremesa, a opção escolhida foi um rolinho de chocolate. Trata-se de um delicioso crepe recheado com granache de chocolate meio amargo ao perfume de Cointreau e sorvete de creme.

Porto Messias Tawny

Para fechar a noite, um clássico do Douro: o Porto Messias. Para um Tawny (aloirado), sua coloração é um pouco escura, lembrando um vermelho rubi com alguns reflexos laranjados. As uvas usadas são a Touriga Nacional, Touriga Francesa, Tinta Roriz e Tinta Cão. É simples ao nariz, apresentando um pouco de resina e frutas escuras. Tem uma característica que para mim alguns Porto Rubi apresentam: aroma de passa de caju (doce comum no litoral nordestino). Na boca é encorpado, frutado e aparece ainda um toque de frutas secas, como nozes. Acompanha bem doces de frutas escuras, chocolate e sorvetes.

Classificação: Bom
Faixa de preço: R$ 40

Mais uma vez, parabéns aos confrades organizadores da CAVAS, Ricardo e Gustavo Lustosa. Abraços aos novos amigos que conhecemos durante o encontro. Foi um prazer participar do evento!

---

Restaurante Ponte Nova
Rua do Cupim, 172, Aflitos, Recife.
(81) 3327-7226

Vinhos Recife
Rua Men de Sá, 46, Encruzilhada, Recife.
(81) 3426-2090