quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Miolo lança a nova geração da linha Seleção

Foto: Nicole Vergueiro
Para comemorar os 15 anos do seu vinho Seleção, a Miolo Wine Group lançou a nova geração da linha, com mudanças por dentro e fora da garrafa.

A apresentação no Recife aconteceu nesta terça-feira (25), no Centro de Treinamento do Grupo RM.

Além da nova identidade visual, com um rótulo estilizado em alusão às origens da família Miolo, na Itália, retratando um carvalho, um maçarico (pássaro) e uma estrela de oito pontas, a garrafa do vinho tinto passou a set do tipo bordalesa, e a composição do líquido (tanto no vinho branco quanto no tinto) ganhou modificações.

O Seleção representa 60% das vendas do grupo Miolo. Só em 2009 foram produzidas cerca de 2 milhões de garrafas da linha. A nova geração vem com tudo para ganhar a briga nas vendas com os sul-americanos da sua faixa de preço.

Confira a avaliação do blog:

Miolo Seleção Branco – 2009

Saiu a Sauvignon Blanc da composição anterior, permanecendo a Chardonnay e a Riesling. O Seleção Branco não passou por fermentação malolática (transformação do ácido málico em ácido lático), assim como todos os outros brancos da Miolo agora não passam, segundo me informou o sommelier da empresa, Diego Callou. A coloração é amarela clarinha com leves reflexos esverdeados.

A bebida me impressionou no nariz, por ser extremamente aromática – diferente, pelo que lembro, da sua versão anterior. Os aromas remetem a frutas cítricas, maçã e nuances florais. Já na boca sua presença não é tão marcante. Leve e com média acidez, o sabor passa ligeirinho. Tem um certo caráter mineral.

Pode ser servido só, ou acompanhando pratos leves, como saladas e frutos do mar. Tem 13% de graduação alcoólica.

Classificação: Bom (o aroma compensou a boca)
Faixa de preço: R$ 17 a R$ 22
Onde encontrar: No Recife e em Caruaru, no RM Express.

Miolo Seleção Tinto – 2008

O tinto, que antes tinha a uva Pinot Noir no corte, agora ficou só com a Cabernet Sauvignon e a Merlot. Este vinho evoluiu muito em relação às linhas anteriores.

Ao contrário do branco, gostei mais na boca do que no nariz. A cor é rubi e os aromas trazem notas de frutas vermelhas, como o morango, e especiarias. Tem corpo médio e o sabor que mescla, ameixa, morango e baunilha. Fácil de tomar, tem um agradável final de boca. Vai bem com carnes e massas, talvez até com uma pizza.

Tem 12,5% de álcool e estagiou parcialmente (15%) em carvalho americano. O Seleção Tinto é engarrafado com, no mínimo, um ano de idade.

Classificação: Bom
Faixa de preço: R$ 17 a R$ 22
Onde encontrar: No Recife e em Caruaru, no RM Express.

1 comentário

Carol disse...

oi Fabiana, te conheci ontem com Kacia, cunhada de Alvaro. Vim conhecer seu blog e adorei. Sou meio leiga em vinhos mas concordo com tudo q vc disse do tinto, inclusive eu tinha comentado algumas coisas com Kacia, ratificando o que vc escreveu aqui. Vamos marcar uma degustaçao, viu? beijos. Carol Paiva