segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Pernord Ricard confirma venda da Almadén para a Miolo Wine Group

*Foto: Fabiano Mazzotti
A Pernod Ricard, multinacional co-líder mundial em destilados e vinhos, anunciou hoje a venda da sua marca Almadén para as Vinícolas Miolo, Lovara e o empresário gaúcho Raul Anselmo Randon, que integram a Miolo Wine Group. Com a aquisição, grupo de empresas comprador torna-se líder de mercado de vinhos finos no país, passando a ser o maior dono de vinhedos próprios.

A negociação prevê, além da comercialização dos direitos da marca, o vinhedo e a unidade fabril, ambos localizados em Santana do Livramento (RS). O processo deverá ser totalmente concluído até o final de dezembro deste ano, quando oficialmente a Miolo Wine Group passa a ter o controle sobre os direitos da marca, produção, engarrafamento e distribuição dos produtos, incluindo ainda o gerenciamento da fábrica e vinhedo.

“Com essa transação, temos a certeza de que a Miolo Wine Group dará continuidade ao trabalho que vem sendo feito e incrementará os investimentos para elevar o patamar de excelência de Almadén no mercado brasileiro de uma forma estratégica. O fato de a Miolo ser uma empresa nacional focada e consolidada em vinhos finos nos assegura de que a marca se tornará ainda mais forte, crescendo em todo o País”, afirma Bryan Fry, Presidente da Pernod Ricard Brasil.

Com a aquisição, a Miolo Wine Group se torna líder no mercado nacional de vinhos finos entre as vinícolas brasileiras. A produção total será de 12 milhões de litros de vinhos, e o faturamento, de R$ 100 milhões. O grupo também passa a ser o maior proprietário nacional de vinhedos próprios, com 1.150 ha, todos de uvas viníferas conduzidas pelo sistema de espaldeira.

“Vamos antecipar em seis anos nossa meta traçada no planejamento estratégico da empresa para 2018”, afirma Marcelo Toledo, CEO da Miolo Wine Group.

A meta da Miolo é duplicar a participação da Almadén no mercado brasileiro de vinhos nos próximos 10 anos. Para atingir o objetivo, os novos proprietários planejam investir R$ 12 milhões iniciais em marketing, vinhedos, mecanização, tecnologia e na modernização da estrutura de enoturismo semelhante a do Vale dos Vinhedos. A empresa irá manter os 106 postos de trabalho direto e, na medida em que for aumentando a operação, deverá gerar novos empregos.

A Almadén será uma empresa independente, mas terá as mesmas orientações técnicas dos demais projetos do grupo. Os sócios já pertenciam à Miolo Wine Group, empresa responsável pela operação comercial de todos os projetos. A Miolo e a Lovara são sócias na Vinícola Ouro Verde junto com a espanhola Osborne e possuem seus projetos no Vale dos Vinhedos e na Serra Gaúcha. Raul Randon, conhecido empresário do segmento de transportes e auto peças, ingressou na vitivinicultura em 2002 a partir de um projeto conjunto com a Miolo para a produção do vinho RAR na região dos Campos de Cima da Serra/RS.

“A Almadén é muito tradicional e respeitada pelos brasileiros. Nosso objetivo será agregar a esta marca nossa filosofia na elaboração de vinhos”, afirma Adriano Miolo, enólogo e diretor técnico da Miolo Wine Group.

Com informações da Assessoria Nordeste da Miolo Wine Group

*Os empresários João Benedetti (E), Darcy Miolo, Raul Anselmo Randon celebram contrato com Bryan Fry, presidente da Pernod Ricard Brasil.