quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Vai mudar de casa? cuidado com os vinhos

Aproveitei o período que antecede o Carnaval para tirar férias e organizar minha mudança para um outro apartamento. Uma das minhas maiores preocupações no "tira e bota" de lugar foi com meus queridos vinhos.

Não possuo em minha adega nenhum rótulo de valor exorbitante. Ao invés disso, algumas garrafas que guardo com carinho para beber daqui a uns aninhos pela frente. Conservo também outras que foram “garimpadas” por aí, fora os presentes de amigos queridos em suas viagens pelo mundo.

Então, se você for passar pela mesma situação, pode contar com as dicas seguintes, pois no final das contas deu tudo certo.

1. Se você tem uma adega climatizada, quanto mais tarde desligá-la, melhor. Só desliguei a minha e tirei os vinhos quando os funcionários da transportadora já estavam levando as coisas do apartamento antigo.

2. Reserve caixas térmicas para transportar seus vinhos. Selecionei duas delas e retirei os vinhos um pouco antes de desligar a adega.

3. Leve você mesmo os seus vinhos. O passo seguinte foi acondicionar cuidadosamente as caixas com os vinhos no meu próprio carro para levá-los ao novo apartamento.

4. Cuidado com a adega. Se você não tem total confiança na transportadora, leve você mesmo a adega, ou então a proteja com isopor e sinalize bem visível que é um equipamento frágil. As adegas até aguentam, mas os seus vidros de expositor correm perigo na mudança. A minha adega foi no caminhão, mas com todas as recomendações do mundo.

5. Ligue a adega assim que chegar na nova casa e recoloque seus vinhos. Faça o possível para que eles sofram o mínimo de choque térmico. Coloquei a minha adega em um lugar provisório, conseguindo amenizar o impacto da temperatura. Como meu novo apartamento não é tão longe do antigo, os vinhos ficaram bem conservados na caixa térmica.

6. Deixe os vinhos descansando uns diazinhos. Depois do estresse da mudança, pode curti-los à vontade. Foi o que fiz ontem, degustando um delicioso espanhol. Mas essa depois eu conto....

3 comentários

Vinhos do Brasil disse...

Nossa, adorei as dicas!

Posso um dia reproduzi-las (com os devidos créditos) no nosso blog?!

www.vinhosdobrasil.com.br/blog.php

Achei realmente muito legal, parabéns pelos textos do escrivinho!

Abraço

Fabiana Gonçalves disse...

Claro que sim. Será um prazer

Abraços,
Fabiana

Joana Biascovich disse...

Fabiana, achei suas dicas muito legais. Principalemnte sobre como preservar as adegas em mudanças de residencia.
Em uma destas mudanças, eu quase quebrei esta adega que eu tenho faz 2 anos. Porque os empacotadores colocaram a adega no caminhão e não cobriram com isopor. Quando eu vi "falei um monte", aí eles colocaram uma capa nela.
Ainda bem!!!
Além de riscar tudo, poderia quebrar o vidro.

Beijos,