sexta-feira, 21 de maio de 2010

Vinícola Garibaldi lança vinho com quatro vezes mais antioxidantes

Em parceria com Embrapa Uva e Vinho, a Cooperativa Vinícola Garibaldi lançou o vinho de mesa branco seco Lorena Ativa, da linha Acquasantiera. Segundo o produtor, a bebida tem quatro vezes mais antioxidantes naturais e maior quantidade de resveratrol e quercitina, componentes que proporcionam melhor qualidade de vida às pessoas.

O vinho branco seco Lorena Ativa é elaborado com a variedade BRS Lorena, a partir de tecnologia inédita no Brasil com maceração similar aos vinhos tintos e utilização de levedura autóctone da Embrapa.

Segundo o pesquisador Mauro Zanus, coordenador do projeto e responsável pelo desenvolvimento do Lorena Ativa, foram cinco anos de pesquisas e a adoção de três tecnologias desenvolvidas pela Embrapa: cultivar, levedura e processo de vinificação.

Até 2011 a Vinícola Garibaldi será a única empresa brasileira a comercializar o vinho. “O crescente interesse por vinhos brancos no país, aliado à qualidade do produto, faz do Acquasantiera Lorena Ativa um grande destaque nas prateleiras de supermercados, principalmente por seus diferenciais, exclusividade e preço competitivo”, ressalta Oscar Ló, presidente da Cooperativa Vinícola Garibaldi.

2 comentários

Anônimo disse...

Que beleza hein? É vinho ou é remédio? Será que é bom de beber? E depois, essa Embrapa hein? Pensar em alimento funcional com álcool na composição? Aí não dá né gente. Álcool seja na cachaça ou no vinho mais inoxidável do mundo, é tóxico.

LucianaC disse...

Só fico me perguntando se a tal da uva usada pra fazer o vinho é geneticamente modificada...