quarta-feira, 9 de junho de 2010

Pizza e vinhos fazem sucesso na Zahil Recife

Fotos: Carol Prestrello
A ideia é muito boa: juntar pizza e vinho, promovendo uma harmonização gostosa e descontraída. Foi o que fez ontem (08) à noite a importadora Zahil de Boa Viagem, no Recife, que promoveu a 2ª noite de harmonização de pizzas e vinhos em seu wine bar.

À frente do forno esteve o chef Paulo Carvalho, o “Paulinho”, da Home Pizza. Ele criou um menu baseado na descrição dos vinhos fornecida pelo sommelier Barros, responsável pela escolha dos rótulos. Para dar um toque especial às massas, o chef usou ingredientes da recém-lançada marca Kook - Temperos do Mundo. Entre os produtos estão uma interessante linha de sais, entre eles um sal defumado sobre amieiro, e pimentas. A novidade está à venda na Zahil.

Cerca de 40 pessoas participaram do evento, que foi aberto com torradinhas refrescantes (massa fininha coberta de parmesão e lemon-pepper) e um espumante Miolo Brut Rosé, que não está à venda na casa.

Logo em seguida, foi servida a pizza Península Ibérica, com massa fina regada no azeite extra-virgem, camarão e polvo cozidos em suave molho de tomate com creme de leite fresco e coberta com lascas de parmesão. Para harmonizar, o vinho foi o seguinte:

Vila Régia Branco – 2007

Produzido no Douro, em Portugal, pela Sogrape Vinhos, leva em sua composição somente castas portuguesas: Rabigato, Viosinho, Gouveio e Códega. É um vinho de cor amarelo clara, com reflexos dourados, bastante leve e refrescante.

Os aromas são discretos, com toques cítricos e algo que lembra maresia. Na boca, mostra acidez de média a boa, mantendo as características do nariz. Um ótimo vinho para acompanhar frutos do mar. Sem dúvida, a combinação foi perfeita.

A graduação alcoólica é de 12,5%.

Classificação: Bom
Preço: R$ 44

A pizza seguinte preparada pelo chef Paulinho trouxe uma massa intermediária, não tão fina como a primeira. A iguaria, batizada de Pizza Camponesa, leva molho de tomate pelado, mussarela de búfala, shitake fresco, azeite extra-virgem, finalizada com sal defumado Salish Kook. Simplesmente deliciosa. O vinho para acompanhar:

Les Salices Pinot Noir – 2008

Produzido pela Domaines François Lurton, é originário da região do Languedoc, na França. A bebida, que ganhou 86 pontos da revista Wine Spectator, estagiou seis meses em barricas de carvalho e tem teor alcoólico de 13%.

Produzido exclusivamente com a delicada casta Pinot Noir, apresenta cor rubi com halo aquoso e aparência límpida e transparente. Trata-se de um vinho elegante, com frutas vermelhas aparecendo discretamente junto com um caráter levemente floral. Na boca, apresenta boa estrutura, com taninos macios, sabor levemente frutado, notas de caramelo e um longo e agradável final de boca. Harmonização certeira com a pizza Camponesa.

Classificação: Muito bom
Preço: R$ 63

A pizza que fechou com chave de ouro a degustação foi a Espanhola, preparada com massa fina e crocante, molho de tomate pelado, queijo mussarela, presunto parma coberto com queijo gouda, finalizada com espuma de azeite, orégano e Salish Kook. Mais uma vez, a dupla acertou na harmonização, desta vez com o vinho:

Salamandra Tempranillo – 2006

Produzido pela Hermanos Lurton, é classificado como Vino de La Tierra da região de Castilla y Leon, na Espanha. Leva apenas a uva Tempranillo em sua composição e passa por um curto período de três meses em carvalho. A graduação alcoólica é de 13,5%.

Sua cor é rubi clara e apresenta ótimos aromas de frutas vermelhas, onde se identifica ameixa e cerejas, com leve mentolado. Apresenta uma discreta sensação apimentada na boca, trazendo de volta o frutado, mais um elegante tostado. Tem ótima persistência.

Classificação: Muito bom
Preço: R$ 49

Pelo sucesso do evento, em breve a Zahil deve repetir a dose em breve. Acompanhe aqui no Escrivinhos.

Serviço:
Zahil Boa Viagem
Av. Conselheiro Aguiar 1881, Recife.
Telefone: (81) 3325.3509

1 comentário

gabriel @silva disse...

esses temperos da KOOK são maravilhosos, experimentem. www.kook.com.br

abraços, Severino.