sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Já provou um rosé?

>>Texto da coluna Escrivinhos publicada na edição de setembro da revista Mon Quartier:

Este mês, temos a abertura do verão e nada como uma bebida refrescante para saborearmos geladinha nos dias mais quentes. A minha sugestão para quem quer variar um pouco da boa e velha cervejinha é um vinho rosé.

Para começar, vamos explicar o que é um vinho rosé. Muitos pensam que ele é uma mistura de uvas tintas e brancas. Porém, normalmente a bebida é elaborada apenas com uvas tintas. Suas cascas (ou peles), que possuem substâncias corantes, são deixadas por um tempo menor em contato com bebida - por isso a coloração mais clarinha.

O vinho rosé é bastante versátil, pois herda a acidez dos vinhos brancos e algumas qualidades dos tintos, como o corpo e a estrutura aromática. Por isso, pode ser refrescante e muito prazeroso.

É verdade que o vinho rosé ainda não é tão consumido no Brasil, diferente do que acontece nos países da Europa, onde a população sabe apreciar a bebida, principalmente na época do verão. Aliás, foi na região da Provence, na França, que nasceram os rosés. Até hoje, esse tipo de vinho produzido lá é considerado o melhor do mundo.

Outro país que aprecia muito o rosé é a Espanha. Lá, ele nunca sai de moda, pois combina super bem com a culinária mediterrânea. Itália e Portugal também são dois grandes produtores e consumidores de rosés. Já no Novo Mundo, Chile, Argentina e Brasil já vêm elaborando ótimos rosados, utilizando uvas como Cabernet Sauvignon e Malbec.

É pena que muitas pessoas vejam o vinho rosé como um vinho inferior – o que não é verdade. Um rosé de boa procedência é refrescante, possui bons aromas, normalmente de frutas vermelhas e silvestres, e pode tanto ser bebido sozinho quanto acompanhar uma grande quantidade de pratos, que vão desde petiscos, peixes e frutos do mar, como até para pizzas e um churrasco.

Os rosés devem ser degustados bem resfriados, assim como os brancos e espumantes, e consumidos jovens. Sua cor normalmente é muito bonita, variando de um rosa clarinho, e podendo chegar até um vermelho opaco e profundo.

A seguir, algumas boas opções de vinhos rosés disponíveis no mercado do Recife:

Alta Vista Malbec Rosé (Argentina) – RM Express
Amante Malbec Rosé (Brasil) – RM Express
Da’divas Rosé (Brasil) – Club du Vin
Graça Rosé (Portugal) – Casa dos Frios
Paço de Teixeró Rosé (Portugal) – Club du Vin
Tremendus Clarete (Espanha) – Dom Vinho
Versus Rosé (África do Sul) - Ingá
Vinho da Defesa Rosé (Portugal) – Casa dos Frios
Vivendo Rosé (Chile) – Dom Vinho
Los Vascos Cabernet Sauvignon Rosé - Pescadero

Os endereços e telefones das lojas podem ser encontrados no blog http://www.escrivinhos.com/.