sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Brasil ganha o seu primeiro Icewine (vinho do gelo)

A vinícola catarinense Pericó está lançando o primeiro Icewine (vinho do gelo) do Brasil. Enquanto a maioria dos países produtores desse tipo de bebida utilize variedades brancas, o produtor optou pela uva Cabernet Sauvignon.

As cepas foram cultivadas a 1.300 metros de altitude, em São Joaquim, Santa Catarina, e colhidas congeladas a 7,5 °C, no amanhecer de 4 e 12 de junho de 2009.

Em relação à escolha do tipo de uva para a produção do primeiro Icewine brasileiro, o agrônomo e enólogo Jefferson S. Nunes disse que a Cabernet Sauvignon é a variedade mais tardia disponível no vinhedo e a única capaz de sustentar seu lento amadurecimento nas parreiras até a chegada das temperaturas negativas do inverno na altitude de São Joaquim.

“Degustamos o mosto a -4ºC. Foi a glória. Vinificado, e agora pronto, será como até já podemos dizer: o introdutor do Brasil no limitado mundo dos vinhos icewine”, disse Wandér Weege, administrador da vinícola.

A garrafa, que veio da Itália, que faz conjunto com um estojo especialmente elaborado, contendo uma lata diferenciada, um livreto que conta a história do icewine da Pericó e uma tag com dicas de harmonização.

Para marcar o lançamento, uma taça também foi criada especialmente pela Cristallerie Strauss. O item não está incluído no kit do Pericó Icewine, mas pode ser adquirido separadamente.

A comunicação visual do produto é toda inspirada na gravura ‘Vindima na Neve’, da artista plástica Tereza Martorano, convidada pela Pericó para retratar a colheita das uvas congeladas.

O preço sugerido para o consumidor final é de R$ 189,00