terça-feira, 9 de novembro de 2010

Vinho vai virar bebida nacional da argentina

No dia 24 deste mês, a presidente da Argentina, Cristina Kirchner, vai anunciar, durante uma cerimônia na Casa Rosada, em Buenos Aires, o decreto através do qual ela declara o vinho argentino a bebida nacional.

A iniciativa tem o apoio do Ministério de Agricultura, Pecuária e Pesca, junto com a Corporação Vitivinícola Argentina.

Os “hermanos” contam com 240 vinícolas - ou bodegas, como lá são chamadas – que produzem 12 milhões de hectolitros de vinho por ano. Isso coloca o país no segundo lugar entre os maiores produtores dos países americanos, deixando-o atrás apenas dos Estados Unidos (20,6 hectolitros). Os números são da Organização Internacional da Vinha e do Vinho.