terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Panizzon Prosecco Brut

Produzido pelo método Charmat (segunda fermentação em tanques de inox) com a uva de origem italiana Prosecco, cultivada numa altitude de 800 metros, este espumante da brasileira Panizzon me agradou bastante.

Sua vinificação foi feita com levedura selecionada e controle de temperatura da fermentação a 15ºC.

O resultado é uma bebida de cor clara, com reflexos esverdeados e boa perlage (bolhas finas, em quantidade e com boa duração). Os aromas diferenciam-se um pouco do tutti-frutti que normalmente os espumantes Prosecco trazem. Este mostrou um caráter mais cítrico, com toques de maracujá.

Na boca, apresenta ótima acidez, bom corpo e açúcar em equilíbrio. É um espumante refrescante e gostoso de tomar. Acompanha muito bem pratos de frutos do mar. Provei no Bistrot du Vin, onde a entrada de camarões crocantes sobre confit de cenoura ao molho de iogurte e hortelã fez um belo casamento com a bebida.

Classificação: Muito Bom
Faixa de preço: R$ 29
Onde encontrar: No Recife, no Club du Vin (Boa Viagem e Parnamirim).