quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Bistrot du Vin incrementa seu o menu

O Bistrot du Vin, uma das casas com o menu mais caprichado do Recife, acaba de renovar o seu cardápio.

Quem comandou a mudança foi o chef da casa, o talentoso Hugo Prouvot, trazendo boas novidades e ao mesmo tempo mantendo alguns carros-chefes, como o brie ao forno, os camarões em crosta e o picadinho de filé aos 4 queijos.

A partir de agora, existe um cardápio específico para o almoço (da unidade de Boa Viagem) e outro para o jantar. Nas sextas-feiras, o cardápio do jantar também fica disponível na hora do almoço, já que o dia permite que muita gente dê aquela "esticadinha".

Segundo Prouvot, 70% do menu foi modificado, ganhando toques da cultura regional, presentes em elementos como maxixe, manga e carne de sol, mas sem fugir do conceito de bistrô francês.

Provei alguns dos novos pratos e posso dizer que o bom nível foi mantido. A sequencia foi a seguinte:

Couvert composto de bolinhos de queijo (crocantes por fora e macios por dentro) e creme de aspargos, que vem em forma de caldinho (R$ 8).

Entradas:

Trio de cogumelos frescos (eryngi, hiratake e shitaque) sauté na manteiga, alho e salsa (R$ 34). Uma interessante combinação de sabores e texturas. Sugestão de harmonização: espumante Federico de Alvear Brut (R$ 39).

Creme de aipim ao perfume de maracujá e camarões (de ótima textura), pedacinhos de defumados e croutons (R$ 37). Sugestão de harmonização: vinho Tahuan Torrontés (R$ 80).

Carne de sol ao azeite e cogumelos frescos com purê de abóbora e mandioquinha [foto] (R$ 27). Sugestão de harmonização: espumante Federico de Alvear Brut (R$ 39).

Principal:

Camarões com manga Kent (sem fibras) ao melaço picante de mel de engenho [foto] (R$ 46). Sugestão de harmonização: vinho Carmem Classic Gewürztraminer (R$ 58). Para mim, esta foi uma das melhores harmonizações, uma vez que a doçura da manga e do mel casa com a do vinho, que por sua vez também tem uma acidez interessante, combinando com o camarão.

Tournedor de mignon ao molho cremoso de trufas brancas e batatas gratinadas (R$ 52). Recomendadíssimo. Sugestão de harmonização: vinho Montes Reserva Cabernet Sauvignon (R$ 76).

Sobremesa:

Cartola frita ao creme inglês e sorvete de tapioca [foto] (R$ 15). Sugestão de harmonização: vinho Late Harvest Echeverria Sauvignon Blanc (R$ 147). Este também foi um belo casamento entre o vinho e a comida, pois a doçura da sobremesa se sobressai, combinando com o sabor da uva de colheita tardia.

Outros:

Fique curiosa em provar o prime rib de leitão ao roti com damascos [foto] (R$ 37), o assiete de frutos do mar (pescada, lula, polvo e camarão) ao molho da casa (R$ 49) e a paleta de cordeiro ao forno com molho de alecrim, mini cebolas glaceadas, mostarda dijon e batatas dorê (R$ 99) – este prato é servido tipo ceia, para três pessoas. Com certeza voltarei para conhecer.

Os destaques do almoço ficam por conta da salada de salmão defumado com maxixe e pimenta doce (R$ 35), picadinho de filé com cebolas e pimenta verde ao molho tinto, com batatas gratinadas e farofa de bacon (R$ 42) e coq au vin de coxa e sobrecoxa com cogumelos ao molho tinto e batatas sauté (R$ 34), entre outros.

A casa conta com cerca de 400 rótulos de vinhos nacionais e importados (Mistral).

SERVIÇO:

Bistrot du Vin

Boa Viagem – Rua Solidônio Leite, 26. (81) 3326.5719.
Segunda a sexta, das 10h às 22h. Sábado, das 18h às 24h.

Parnamirim – Rua Albino Meira, 58. (81) 3267.3667
Terça a sábado, das 18h às 24. Domingo, das 12h às 16h.