terça-feira, 22 de março de 2011

Vinhos catarinenses marcarão presença no ExpoVinis 2011

A Associação Catarinense de Produtores de Vinhos Finos de Altitude (Acavitis) está preparando a sua participação para a edição 2011 do ExpoVinis Brasil, que ocorre de 26 a 28 de abril, no Expo Center Norte, em São Paulo. Uma boa oportunidade para quem quer conhecer os vinhos de altitude de Santa Catarina.

Este ano, a Associação ocupará uma das maiores áreas da feira (156 m²). “Queremos surpreender novamente oferecendo um espaço de conforto para degustação de nossos vinhos, e ao mesmo tempo, apresentando as características que compõem a nossa região, resultando em vinhos finos de altitude de extrema qualidade”, antecipa o diretor de marketing da Acavitis, Acari Amorim.

Nesta edição participam 11 vinícolas associadas à Acavits: Casa Pisani, Quinta da Neve, Quinta Santa Maria, Sanjo, Villa Francioni, Villaggio Grando, Vinhedos do Monte Agudo, Kranz, Pericó, Santa Augusta e Suzin.

Algumas delas lançam novos vinhos no evento, como é o caso da vinícola Quinta da Neve, que apresenta os rótulos Cabernet Sauvignon 2009, Chardonnay 2010 e Pinot Noir 2010.

A Suzin exibe seu primeiro Reserva (Zelindo) e os premiados do Concurso de Bruxelas Da Vinícola Kranz, os destaques são o Viognier e o Sauvignon Blanc, ambos da safra de 2010. A Villaggio Grando aposta no espumante Villaggio Grando Brut Rosé e os rótulos Além do Mar e Colheita Tardia. E também a nova safra de vinhos Innominabile Lote IV e Chardonanny 2009. A Pericó leva os seus espumantes e os vinhos Basaltino Pinot Noir 2010 e Chardonnay 2010. Já a Casa Pisani destaca os vinhos Viognier 2010, Chardonnay 2010 e um corte de Cabernet Sauvignon/Merlot 2009.

A Acavitis - Criada em 2005, tem por objetivo defender os interesses dos produtores de uvas e vinhos finos de altitude de Santa Catarina, dar subsídios às políticas públicas, viabilizar a qualificação e certificação dos produtos dos seus associados e conquistar novos mercados para o vinho de catarinense. Tem representação em três regiões produtoras: São Joaquim, Campos Novos e Caçador, com 32 empreendimentos associados.