terça-feira, 17 de maio de 2011

Vinho brasileiro começa a invadir a China

A China é hoje um dos países que mais crescem em consumo de vinhos finos no mundo. De olho nesse mercado, o projeto Wines of Brasil, promovido pelo Ibravin (Instituto Brasileiro do Vinho) e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), participou na última semana da 14ª Exposição Internacional de Comida, Bebida, Hotel, Restaurante e Equipamentos de Alimentação, Suprimentos e Serviços (Hofex), realizada em Hong Kong.

Quem representou o Brasil foi a vinícola Miolo, líder nas exportações de vinhos nacionais, por meio do importador Amorosso Wines e com apoio do Ministério das Relações Exteriores (MRE).

“Nossa intenção é conhecer melhor o mercado chinês e aumentar a divulgação de nossos produtos, já que começamos a atuar neste país no começo do ano”, informou a gerente de Marketing Internacional da Miolo, Morgana Miolo. Ela revelou que, até o momento, a Miolo exportou dois containeres para o país. “Queremos vender pelo menos mais quatro ainda este ano”.

Hong Kong é um dos oito mercados prioritários das vinícolas brasileiras integrantes do Wines of Brasil. “Hong Kong é a porta de entrada para o imenso mercado da China”, diz a gerente de Promoção Comercial do projeto, Andreia Gentilini Milan. Segundo ela, em 2010, houve um aumento de 58% no preço médio por litro exportado pelas vinícolas brasileiras para Hong Kong. O valor do litro passou de US$ 5,36 em 2009 para US$ 8,47 em 2010. Assim, Hong Kong foi o 4º destino dos vinhos brasileiros entre os países com maior preço médio por litro exportado, atrás apenas da Dinamarca, Austrália e Emirados Árabes Unidos.

NOVEMBRO - O Wines of Brasil estará novamente presente em um evento na China, durante o Hong Kong Wine Expo, de 3 a 5 de novembro, com a participação de seis vinícolas.

Será realizada uma Master Class (palestra com degustação) para 50 VIPS locais (sommeliers, compradores e formadores de opinião), seguida de um Walkaround Tasting, onde serão montadas mesas para as vinícolas participantes na feira. Logo depois, as cantinas brasileiras estarão na Wine Future Hong Kong, organizada pela Wine Academy of Spain com a presença dos prestigiados avaliadores Robert Parker, Jancis Robinson, entre outros grandes nomes.