terça-feira, 19 de julho de 2011

Campanha de grande porte vai promover a região dos vinhos verdes

A Comissão de Viticultura da Região dos Vinhos Verdes (CVRVV) está lançando oficialmente nesta quarta-feira (20) o projeto “Minho IN”. Trata-se de uma ideia para incrementar o funcionamento da Rota dos Vinhos Verdes e transformar o Minho no primeiro destino enoturístico de Portugal.
A comissão também está começando um trabalho de estruturação de uma rede empresarial ligada ao enoturismo, com um investimento de quase 500 mil euros.
Dividido em cinco ações, o projeto “Minho IN”  pretende melhorar as condições de visitação das infra-estruturas, qualificar os recursos humanos  e  promover a sustentabilidade ambiental  das empresas parceiras.
Aberto à adesão dos municípios, das empresas de vinhos e dos promotores de turismo da Região Demarcada dos Vinhos Verdes,  o projeto apoiará a redefinição das salas de degustação, recepção de visitantes e loja de vinhos de 40 quintas produtoras/engarrafadoras localizadas no Minho. Também fornecerá um kit enoturístico especial para os visitantes.
Serão realizados workshops de recursos humanos, como por exemplo para a preparação das instalações para o enoturismo, organização de programas enoturísticos, inglês e espanhol  prático para o enoturismo, marketing e comunicação do enoturismo, harmonização de gastronomia e vinhos verdes, como servir os vinhos verdes, CRM e técnicas de fidelização de clientes, técnica de prova, diferentes tipos de vinhos verdes, elaboração de uma carta de vinhos, entre muitas outras ações.
Aos parceiros do projeto será ainda oferecida uma consultoria personalizada para lhes permitir o aumento da qualidade e competitividade de seus produtos.
Por fim, a CVRVV vai lançar a Grande Rota dos Vinhos Verdes, um percurso de 200 km que levará os visitantes aos principais elementos patrimoniais e paisagísticos da região.