quarta-feira, 13 de julho de 2011

Vinho brasileiro fica entre os dez melhores moscatéis do mundo


O vinho branco Perini Licoroso, da vinícola brasileira Perini, ganhou medalha de ouro e ficou entre os dez melhores moscatéis do mundo na 11ª edição do Concurso Internacional Muscat du Monde, realizado em Frontignan La Peyrade, no Sul da França.

“É um reconhecimento e tanto para a Perini neste que é o mais prestigiado concurso de avaliação de rótulos moscatéis de todo o mundo”, afirmou o diretor-presidente da vinícola, Benildo Perini.

O vinho premiado é elaborado a partir da combinação de uvas finas aromáticas, com alto grau de maturação. Teve permanência em barris de carvalho por 10 anos .

A lista dos dez melhores do concurso é a seguinte:

  • Moscatel de Setubal DOC Reserva - Venancio da Costa 2006, Venancio da Costa Lima, Portugal.
  • Muscat de Beaumes-de-Venise ambré, Vignerons de Balma Venitia, França.
  • Vin de Pays d'Oc Lumière d'Automne Vendanges Surmûries 2007, Château de Stony, França.
  • Perini Vinho Branco Licoroso Doce, Vinicola Perini Ltda, Brasil.
  • Nederburg Private Bin Eminence 2008, Distell - Nederburg Wines, África do Sul.
  • Moscatel de Setubal DOC - Venancio da Costa Lima, Venancio da Costa Lima, Portugal.
  • Vin de Pays de l'Ile de Beauté Modérato Nectar d'Automne 2010, Scea du Domaine Casabianca, França.
  • Vin de Pays des Côtes Catalanes Muscat Sec 2010, Scea Pages Hure, França.
  • Moscatel do Douro DOC 10 Anos, Adega Cooperativa de Favaios Srl, Portugal.
  • La Mancha DO Finca Antigua Moscatel Naturalmente Dulce 2010, Finca Antigua, Espanha.

Mais em: www.muscats-du-monde.com.

1 comentário

Andy disse...

É por essa e por outras que eu não tenho respeito algum por concursos, pontos, WS, Parker, bicchieri, estrelas, etc. É impossível um licoroso brasileiro ficar à frente de um Moscatel de Setúbal. Não dá. Não faz parte dos "mundos possíveis" em condições normais.