terça-feira, 23 de agosto de 2011

Confira o resultado da degustação virtual dos vinhos Basso promovida ao vivo pelo Winebar

O Winebar, ponto de encontro dos amigos do vinho na web, promoveu nesta segunda-feira (22) mais uma degustação virtual de vinhos do Brasil, com transmissão ao vivo e participantes de várias partes do Brasil. Foram avaliados dois vinhos da vinícola gaúcha Basso Vinhos e Espumantes.nA degustação foi conduzida pelo confrade e blogueiro Daniel Perches (à direita na foto), direto da própria vinícola, junto com o enólogo Marcos Vian (à esquerda na foto).

Confira as minhas impressões sobre os rótulos provados:

Monte Paschoal Frisante

Produtor: Basso Vinhos e Espumantes.
Origem: Farroupilha, Rio Grande do Sul, Brasil.
Visual: Cor amarelo palha. Gás carbônico presente, formando discretas bolhinhas e ligeira coroa de espuma ao servir.
Olfato: Aromas variados de flores brancas, maçã verde, lichia e pêssego. Bem alegre.
Paladar: Boa sensação de agulha. Doçura e acidez corretas, dentro da sua proposta de frisante doce.
Outras considerações: As uvas utilizadas são da variedade Moscato. A bebida, que apresenta 35 gramas de açúcar residual por litro, tem apenas 7% de teor alcoólico. Um vinho para quem está iniciando e tem preferência por bebidas mais adocicadas. Combina tanto com canapés, quanto pratos à base de frango, queijos leves e sobremesas (apostaria numa torta de maçã).

Classificação: Boa opção para iniciantes e para os que gostam de bebidas com paladar mais adocicado.
Faixa de preço: R$ 12 a R$ 13.

Monte Paschoal Dedicato Pinot Noir – 2009

Produtor: Basso Vinhos e Espumantes.
Origem: Encruzilhada do Sul, Rio Grande do Sul, Brasil.
Visual: Cor rubi bem clara, límpida e transparente.
Olfato: Notas de frutas vermelhas, como morango e framboesa, café, baunilha, tostado e um intrigante aroma animal.
Paladar: Um vinho de leve a médio corpo. Fácil e agradável de tomar. Traz de volta à boca as sensações sentidas no nariz, junto com um leve toque herbáceo. Madeira bem integrada ao conjunto.
Outras considerações: Elaborado com uvas da variedade Pinot Noir, cultivadas em Encruzilhada do Sul, teve estágio de seis meses em barricas novas de carvalho. Um Pinot Noir que evolui bastante na taça e tem potencial de guarda. Vai bem com queijos, frios, pratos à base de frango e massas leves.

Classificação: Bom/Muito Bom.
Faixa de preço: R$ 40 a R$ 50