sexta-feira, 4 de novembro de 2011

O blog provou: o vinho do badalado estilista francês Christian Audigier


O renomado designer francês Christian Audigier, criador da marca de moda street Ed Hardy, lançou no mercado uma ousada linha de vinhos, definida por ele como “loucura fora das garrafas e seriedade no interior delas”.

As bebidas são elaboradas em uma região produtora milenar (Montpeyroux, em Languedoc-Roussillon) e possuem rótulos que chamam atenção pela inovação. As garrafas ganham uma roupagem inspirada nas tatoos, num estilo que fica entre o “street rock'n roll” e o “glamour chic”.

Além de cinco varietais, a linha também inclui dois champagnes (blanc de blancs e rosé), água e vodka - esta última feita através da fermentação de trigo francês e destilação controlada, com um processo particular de filtragem.

Segundo o produtor, as uvas são selecionadas com uma boa maturidade, revelando vinhos revelam aromas frutados e frescos. Uma boa fórmula para atrair os consumidores mais jovens e em busca de novidades.

Quem traz para o Brasil é a importadora Cantu. No Recife, pode ser encontrado no Empório Pescadero. Está na faixa de R$ 100 a R$ 150.

Provei um dos varietais, o Merlot, e conto a seguir as minhas impressões:

Christian Audigier Merlot Vin de Pays D’Oc - 2009

Produtor: Montpeyroux Estates (Castel Group).
Origem: Montpeyroux, Languedoc-Roussillon, França.
Visual: Cor violácea, denotando jovialidade.
Olfato: Frutas vermelhas, como ameixa, leve especiaria e algo que lembra pinho.
Paladar: Corpo médio, bem macio, agradável de tomar, final frutado.
Outras considerações: Um vinho simples, porém bem feito, sem defeitos. A intenção é de uma bebida jovem, que agrada pela facilidade de beber. Feito 100% com a uva Merlot, tem 13% de graduação alcoólica. A tampa é screwcap (de rosca). Harmonizou bem com uma pizza caseira de massa integral.

Classificação: Bom [ótima opção de presente]