quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Grandes momentos de 2011: degustação vertical do Miolo Merlot Terroir

Foto: Daniela Villar
Mais um grande momento de 2011 que deixo para publicar neste comecinho de 2012! Trata-se de uma degustação vertical do vinho Miolo Merlot Terroir, que em sua safra de 2005 foi considerado o melhor Merlot do mundo durante uma degustação às cegas realizada em Londres, por 40 profissionais.

A vertical foi realizada no último mês setembro, na própria vinícola Miolo, no Vale dos Vinhedos, Rio Grande do Sul, através de iniciativa do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin). Foram provados rótulos das safras 2004, 2005, 2008, 2009 e a de 2011, ainda em barricas. Destas, sem sombra de dúvidas, a de 2005 foi a que mais se destacou.

O Merlot Terroir é somente elaborado em safras especiais, 100% com uvas Merlot da D.O. Vale dos Vinhedos. Os vinhos têm estágio aproximado de 12 meses em barricas de carvalho francês.

Vamos às impressões:

Miolo Merlot Terroir 2004

Visual: Cor rubi escuro com leve halo de evolução.
Olfato: Aromas vivos de frutas vermelhas maduras, mentol.
Paladar: Agradável. Repete as impressões do nariz e também apresenta notas de café. Boa acidez.
Outras considerações: Este vinho foi engarrafado em 2005 e tem graduação alcoólica de 13,5%. Acredito que ainda tem a evoluir.

Classificação: Muito Bom.

Miolo Merlot Terroir 2005

Visual: Rubi escuro com tons violeta. Finas lágrimas.
Olfato: Fruta madura, mentol.
Paladar: Elegante. Retornam as impressões do olfato e ainda aparecem café e chocolate. Taninos finos, de ótima qualidade. Boa acidez e final marcante, longo.
Outras considerações: A graduação alcoólica é de 14%. Também tem potencial de guarda.

Classificação: Excelente.

Miolo Merlot Terroir 2008

Visual: Rubi com traços violáceos.
Olfato: Frutas vermelhas em compota, leve especiaria, menta.
Paladar: Taninos bem evidentes, fazendo salivar. Ressalta a fruta escura, com notas de tabaco, madeira. Final que remete a azeitonas pretas.
Outras considerações: Um vinho que deve evoluir muito bem. A graduação alcoólica é de 14%.

Classificação: Bom/Muito Bom.

Miolo Merlot Terroir 2009

Visual: Rubi escuro, brilhante.
Olfato: Aromas mais discretos, mas também com frutas maduras, menta e ainda um toque de toffee.
Paladar: Este é bem travoso, com taninos nervosos. Bastante azeitona preta.
Outras considerações: Um vinho ainda muito jovem, que não está no ponto de ser tomado. Tem muito a ganhar com a guarda, que pode passar tranquilamente de cinco anos. A graduação alcoólica é de 14,5%.

Classificação: Ainda não está no ponto de ser tomado. Vai evoluir com a guarda.

Miolo Merlot Terroir 2011

Visual: Cor violeta bem escura. Lágrimas finas e abundantes.
Olfato: Floral, frutado.
Paladar: Já mostra que vai ser um vinho agradável de tomar. Porém os taninos ainda precisam ser mais amaciados.
Outras considerações: Durante a prova, este vinho estava há apenas dois meses em barricas.

Classificação: Boas perspectivas.