quarta-feira, 7 de março de 2012

Vinho embalado em taças lacradas é novidade no mercado europeu

O inglês James Nash criou um novo método de comercializar vinho. Inicialmente ridicularizada, sua ideia foi comprada por alguns fabricantes varejistas e terminou sendo lançada no mercado. Trata-se da “The Tulip”, um modelo de taça plástica transparente, vedada com um lacre removível na parte superior.

Segundo o fabricante, a Wine Innovations, a embalagem tem condições de conservar o vinho em seu interior por até um ano.

Algumas empresas já estão comercializando a “The Tulip”, como a loja de departamentos britânica Marks & Spencer, onde as tacinhas de 187 ml estão disponíveis sob a marca francesa “Le Froglet”, nas versões Shiraz, Chardonnay e Rosé. Também podem ser encontradas no mercado com o vinho “The Italian Job”, com as opções de Sauvignon Blanc, Sangiovese e Rosé.

A taça é feita em material PET reciclável e custa para o consumidor final por volta de R$ 5,90.

Saiba mais no site da Wine Innovations.

1 comentário

Ewertom Cordeiro disse...

Legal! Mas, o vinho perde bastante quando degustado em recepientes plásticos... Uma boa quando não há outra opção.

Abraços, Ewertom
[Vinhos de Minha Vida]