quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Recife recebe circuito brasileiro de degustação


Depois de sete anos, Recife volta a receber o Circuito Brasileiro de Degustação. O evento é gratuito e está marcado para o dia 19 de setembro, das 16h às 21h, no Arcádia Paço Alfândega, Bairro do Recife.

Até às 19h, o evento é reservado a profissionais (proprietários e bares e restaurantes, sommeliers, chefs de cozinha, garçons, entre outros). Depois deste horário, o Circuito será aberto aos consumidores.

Ao chegar ao evento, o visitante receberá uma taça e poderá iniciar o percurso pelas mesas das 20 vinícolas, a grande maioria pequenas empresas: Antonio Dias, Aurora, Campestre, Casa Valduga, Casa Venturini , Cave Marson, Dal Pizzol, Dom Cândido, Domno do Brasil, Don Giovanni, Don Laurindo, Dunamis, Lidio Carraro, Luiz Argenta, Miolo Wine Group, Perini, Pizzato, Salton, Viapiana e Vinibrasil. Ao todo, serão mais de 120 rótulos brasileiros de vinhos, espumantes e suco de uva 100% natural e integral. A Vinibrasil representa o Nordeste no circuito.

Quem quiser participar deve fazer sua inscrição antecipada pelo e-mail relacionamentope@abrasel.com.br, enviando nome, telefone e profissão.

O evento é realizado pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), em parceria com a Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), com patrocínio do Sebrae e do Governo do Estado do Rio Grande do Sul, e apoio da Oxford Crystal.

“É a melhor oportunidade que os profissionais e os consumidores têm para conferir as novidades da produção brasileira de vinhos”, afirma o gerente de Marketing do Ibravin, Diego Bertolini.

“Esperamos mais de 400 pessoas em Recife”, informa Diego Bertolini, gerente de Marketing do Ibravin.

Além de atrair enófilos e amantes do vinho, o Circuito procura colocar potenciais compradores frente a frente com os produtores. “Graças à parceria com a Abrasel, os proprietários dos melhores restaurantes de Recife poderão conversar sem intermediários com as vinícolas, conhecendo seus lançamentos e buscando novas oportunidades de negócios”, salientou Diego.

“Recife é a capital nordestina com o maior mercado para comercialização de vinhos”, informa. Segundo ele, as maiores vinícolas nacionais têm crescido a cada ano a sua presença no Recife, atendendo a uma demanda crescente de bares, restaurantes e hotéis interessados em servir vinhos brasileiros. Outras empresas menores estão em busca de espaço no Nordeste e consideram Recife uma boa porta de entrada para seus produtos, geralmente elaborados em pequenas quantidades.

ATRAÇÕES - uma das atrações do Circuito serão as degustações temáticas conduzidas por conhecidos jornalistas e críticos de vinhos brasileiros. No Recife, a jornalista e editora da revista diVino, Silvia Mascella Rosa, promoverá um “Duelo de borbulhas”, demonstrando as diferenças na taça da preferência nacional – os espumantes brasileiros elaborados pelos métodos charmat e tradicional. Um painel com críticos e jornalistas do Recife formarão um painel surpresa.

O CIRCUITO - O roteiro do circuito este ano começou no primeiro semestre, em maio, por Curitiba, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Quase duas mil pessoas passaram pelas três capitais este ano. A segunda etapa inicia por Porto Alegre (13 de setembro), vai a São Paulo (17 de setembro), chega a Recife (19 de setembro) e se encerra em Fortaleza (20 de setembro). “No próximo ano, pretendemos chegar ás 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014”, anunciou Bertolini.