quarta-feira, 5 de setembro de 2012

Embalagens de jornal e garrafas de papel: sustentabilidade invade o setor de vinhos


Por: Luciana Torreão

A sustentabilidade está em alta. E, no segmento de vinhos todas as soluções são cada vez mais bem vindas, a exemplo das tampas de rosca e rolhas sintéticas que substituem a escassa cortiça. Seguindo a tendência, empresas estão criando materiais biodegradáveis e sustentáveis. Seja para a fabricação de garrafas ou embalagem do produto, as ideias são muitas.

Um bom exemplo desse tipo de inventividade é criada pela americana UFP Technologies. Trata-se de uma empresa de design, fabricante de embalagens recicláveis em fibra moldada (mais comumente conhecida como polpa moldada), feitas com jornal 100% reciclado. O material é usado para a confecção de embalagens de proteção e acondicionamento para garrafas de vinho. Além do custo reduzido, os produtos são sustentáveis, diminuem trabalho e economizam espaço.

A empresa, a propósito, foi uma das idealizadoras, no início dos anos 90, da fabricação do primeiro moldado de celulose. O intuito foi desenvolver comercialmente o que era tradicionalmente conhecido como o "processo de caixa de ovos" para acondicionamento de polpa moldada industrial na América do Norte.

GARRAFA DE PAPEL - Outra solução biodegradável para o setor de vinhos foi uma garrafa feita de papel produzida pela empresa inglesa Green Bottle. A garrafa é 100% reciclável, em papel compostável. O fechamento se dá através de screwcap (tampa de rosca), e contém um forro de plástico, com apenas um terço do conteúdo de plástico de uma garrafa de plástico convencional.

Resta esperar pra ver quando essas novidades estarão aqui no Brasil.