quinta-feira, 25 de outubro de 2012

O blog conferiu: 1º Desafio Queulat da Ventisquero no Recife


Por: Luciana Torreão
Fotos dos pratos: Dani Neves



O público pernambucano pôde conferir a etapa Recife do 1º Desafio Queulat, promovido pela Cantu Importadora em parceria com a Ventisquero, entre os dias 16 e 18/10. Os chefs convidados receberam três rótulos diferentes da linha Queulat, determinados por sorteio, e tiveram a missão de elaborar pratos para harmonizar com os vinhos. Foram eles: Joca Pontes (Restaurante Ponte Nova), no primeiro dia; Jeff Colas (Maison do Bomfim), no segundo dia; e Carla Chakrian (Restaurante ÇaVa), no terceiro dia.

No Chile, onde o projeto nasceu, a ação foi feita com formato diferente. Três chefs renomados escolheram cada um, um rótulo de uma uva diferente. O desafio foi dado pela Ventisquero, que determinou três ingredientes que deveriam ser usados na criação do prato para harmonizar com o vinho.  Não havia vencedores, apenas competidores.

Confira um dos vídeos deste desafio no Chile:


No primeiro dia, no Ponte Nova, considerei como melhor harmonização, o Ventisquero Gran Reserva Queulat Sauvignon Blanc 2010 com o prato criado por Joca Pontes: camarões na manteiga de manjericão sobre salada de acelga com pasta de peixe e maçã, finalizados ao ponzu de limão galego e picadinho de castanha de caju. Os sabores e aromas cítricos e herbáceos do vinho combinaram perfeitamente com o toque de limão galego e o manjericão no prato.

Já no Maison Bonfim, fui surpreendida pelo mini carpaccio de beterrabas com vieiras grelhadas, lascas de parmesão, fleur de sal e azeite trufado, que foi apreciado com o Gran Reserva Queulat Chardonnay 2010. Por sofrer influências marítimas, o vinho harmonizou maravilhosamente com as vieiras grelhadas, uma iguaria e tanto.

No último dia, muito aguardado e comentado - pois não pudemos prestigiar, o grande desafio que deu certo foi a harmonização de um tinto Gran Reserva Queulat Merlot 2010, vinho encorpado, seco e forte, com a sobremesa: mousse de queijo francês com geléia de frutas vermelhas e pimenta verde com azeite de hortelã. Mesmo sem ter experimentado, a imaginação do sabor foi longe, e penso que deve ter sido a melhor e mais ousada.

Ao final, serão eleitos os melhores chefs de cada cidade, que recebem certificado de participação e uma caixa de cada rótulo da linha completa. O resultado será divulgado no dia 21 de novembro, por Hugo Salvestrini, gerente de vinhos de alta gama e enólogo da Viña Ventisquero e o chef vitorioso, dentre todas as cidades participantes, ganhará uma passagem para o Chile, a fim de visitar a vinícola Ventisquero.

Agora é só torcer e aguardar!