terça-feira, 22 de outubro de 2013

Gran Reserva Etiqueta Azul: o novo vinho da Tarapacá

Semana passada, tive oportunidade de estar com a embaixadora da Viña Tarapacá, Carolina Rivera (na foto, com o importador Licínio Dias), e experimentar o novo rótulo da vinícola, classificada como a segunda maior do Chile. A apresentação do vinho Tarapacá Gran Reserva Etiqueta Azul aconteceu durante um almoço no mais novo e um dos mais elegantes restaurantes do Recife, o Rui Paula, que tem o cardápio assinado pelo chef português de mesmo nome.

Carolina explicou que a safra 2010, da qual nasceu o vinho, é considerada histórica. “A maturação se deu de forma muito lenta e a colheita durou cerca de quatro meses”, explicou. A bebida só será elaborada em anos assim como esse, considerado excepcional.

As uvas que originaram o Etiqueta Azul provêm de cinco vinhedos cultivados no Vale do Maipo: Cabernet Franc (42%) originária da quente Fazenda Chada, com vinhas localizadas nas encostas com exposição ocidental e solos argilosos; Cabernet Sauvignon (27%) oriunda da vinha Esmeralda, plantada na faixa costeira oriental com solos de granito decomposto. A fresca vinha Esmeralda também é fonte de 7% da Syrah que compõe o corte final; Cabernet Sauvignon (5%) de Mirador, área localizada nas encostas mais baixas dos Andes, com solos coluviais; Syrah Clone 300 (19%) plantada em solos coluviais, com exposição oriental, localizados próximo ao Rio Maipo – La Cuesta.

Confira a avaliação:

Tarapacá Gran Reserva Etiqueta Azul 2010

Tipo: Tinto
Produtor: Viña Tarapacá.
Origem: Vale do Maipo, Chile.
Visual: Cor rubi bem concentrada com lágrimas violáceas.
Olfato: Ótima complexidade aromática, com notas florais, de chocolate, café, frutas vermelhas maduras e menta.
Paladar: Volumoso. Taninos adocicados. Rico em sabores, tal qual no nariz. Tem final longo com um toque apimentado.
Outras considerações: O vinho maturou 18 meses em carvalho francês (80%) e americano (20%). Sua graduação alcoólica é de 15%. Segundo o produtor, tem de 15 a 20 anos de potencial de guarda. Harmonizou perfeitamente com um carré de cordeiro.

Classificação: Excelente.
Média de preço: R$ 129 (No Recife, na Casa dos Frios)