sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Guia de harmonização entre vinho e macarrão

Ninguém fala de outra coisa nas redes sociais. Hoje é o Dia Internacional do Macarrão, todo mundo já sabe. Mas que tal umas dicas de harmonização entre esse prato tão querido e o vinho?

Aí vai uma matéria minha sobre o tema publicada nesta sexta (25), no Diario de Pernambuco :

Eis o par perfeito

Na Itália, país onde o macarrão é tão popular quanto o Papa, a bebida mais consumida não é por acaso o vinho. Esses dois elementos se complementam formando uma das harmonizações mais executadas do mundo. Porém, é preciso observar o molho que acompanha a massa para que a combinação seja perfeita.

Os próprios italianos afirmam que não existe uma regra para esse tipo de harmonização. Porém, a experiência fica muito mais prazerosa se pratos com molhos à base de carne ou tomate forem acompanhados de tintos e os elaborados com queijos ou frutos do mar forem tomados com brancos.

“O mais importante é que esses vinhos sejam leves, tenham boa acidez e não muito álcool”, esclarece Marcello lo Monaco, italiano da Sicília e proprietário da importadora de vinhos Trinacria.

Os molhos mais comuns para o macarrão são os à base de tomate. Nesse caso, os vinhos para acompanhar pedem acidez pronunciada. Tintos como os da região de Chianti normalmente fazem bonito. Mas como o prato é simples e versátil, também aceita outras opções, como tintos feitos com a uva Merlot ou ainda rosés um pouco mais encorpados, tais quais os argentinos ou brasileiros.

Os amantes de uma boa macarronada normalmente não dispensam um molho à bolonhesa. Feito à base de carne moída, fica perfeito com a massa do tipo fettuccine ou tagliatelle. Mas pode se tornar melhor ainda se acompanhado de um tinto elaborado com a variedade Cabernet Sauvignon. Esses vinhos têm acidez presente e são encorpados o suficiente para fazer um bom casamento com o prato.

BRANCOS - Para as massas com molhos cremosos ou de queijos, a dica é experimentar com um branco, que pode ser da uva Chardonnay. Mas tintos delicados como Pinot Noir ou ainda o francês Beaujolais também são bem aceitos.

Embora menos consumidas no Brasil, as massas com frutos do mar e peixes também seguem a mesma filosofia de harmonização dos outros pratos feitos com esses ingredientes: vinhos brancos e rosés para acompanhar.

Um prato simples como o macarrão al pesto, que tem manjericão e queijo parmesão como ingredientes principais, vai muito bem com os brancos feitos com a uva Sauvignon Blanc ou Torrontés.

“Evite os vinhos pesados, caros e complexos”, finaliza Marcello lo Monaco, que no dia a dia prefere tintos feitos com as uvas Sangiovese e Montepulciano para acompanhar a sua sagrada macarronada.

GUIA RÁPIDO DE HARMONIZAÇÃO:

Uma dica para tornar a sua harmonização mais agradável é observar o molho que acompanha a massa:

TOMATE – Tintos leves e com boa acidez (Chianti, Merlot) e rosés em geral.
CARNE – Tintos um pouco mais encorpados (Cabernet Sauvignon).
QUEIJO – Brancos mais encorpados (Chardonnay) ou tintos delicados (Pinot Noir, Beaujolais).
FRUTOS DO MAR – Brancos e rosés em geral.
AL PESTO – Brancos leves e frescos (Sauvignon Blanc, Torrontés).

2 comentários

Baruki disse...

Olá Fabiana!

Desculpe a amolação, mas sabe o quanto prestigio seu blog :0)

Aproveitando o ensejo da matéria queria uma indicação. Estou com um Zuccardi Textual Ancellotta guardado e pensei em harmonizar com uma massa. Mas como não conheço a uva tenho muito receio em não acertar rs. No site eles dizem que combina com carnes vermelhas assadas, carne de caça, massa com molhos fortes e queijos duros... muito amplo não acha?

Parabéns pela reportagem,
Beijos!

Raphael Baruki.

André Luiz disse...

Olá Fabiana!

Caso não lhe seja um incomodo eu gostaria de receber a sua ajuda para harmonozar massa com vinhos.
Acontece que a massa possui um molho incomum, ou seja, tomate sweet + azeitonas verdes + manjericão + mozzarella de búfala + cebola + alho + sumo e raspas de limão siciliano e sobre essa massa, após montada no prazo pode-se servir rúcula precoce fresca.

muito obrigado, sucesso e felicidades!!

André Moleiro