terça-feira, 26 de novembro de 2013

As novidades da Salton

Fotos: Jane Prado

Na última viagem à Serra Gaúcha, pude mais uma vez visitar a gigante Salton e conhecer algumas novidades da empresa, apresentadas pelo seu diretor-presidente, Daniel Salton (foto abaixo), e pelo diretor técnico, Lucindo Copat.


Uma delas é a construção de uma unidade de vinificação em Santana do Livramento, na Campanha Gaúcha, onde desde 2010 a Salton adquiriu mais de 600 hectares de terra.

Outra foi o lançamento, este ano, de oito rótulos homenageando diferentes pessoas da família para comemorar os 100 anos da empresa. O projeto chama-se “Gerações”. Alguns vinhos desta linha top já estão no mercado, a exemplo do espumante Antônio Domenico Salton e do tinto Paulo Salton.


NÚMEROS– A Salton produz 50 milhões litros por ano ano. Este ano, processou 15,5 milhões de quilos de uvas, sendo que 95% delas vem de fornecedores. O maior foco da empresa é para os espumantes, detendo quase 40% do mercado deste produto no Brasil. Sua capacidade para produção da bebida é de 10 mil caixas por dia. "O espumante é a arma das vinícolas contra os importados", diz Daniel Salton, ressaltando a qualidade do produto nacional.


O Faturamento da Salton em 2012 foi de mais de R$ 250 milhões. Atualmente, a empresa exporta para cerca de 13 países, sendo os Estados Unidos um dos mais importantes. Em 2012, já faturou 900 mil dólares em exportação. “O mercado externo quer mais fruta e menos madeira”, observa Lucindo Copat, se referindo aos vinhos tranquilos – produtos que a empresa mais manda para fora do país.

Na visita, degustamos alguns lançamentos e rótulos que nem chegaram ainda ao mercado. Confira uma breve avaliação:

Salton Volpi Sauvignon Blanc 2013

Elaborado com uvas Sauvignon Blanc cultivadas na fronteira com o Uruguai, tem cor amarelo palha com reflexos esverdeados. O aroma traz leve floral e notas de limão siciliano. Paladar de ótima acidez, final longo e cítrico.

Classificação: Muito Bom/Excelente.


Salton Virtude Chardonnay 2012

Este também utiliza uvas cultivadas na Campanha Gaúcha. De cor amarelo palha, mostra no nariz toques de abacaxi, baunilha, tostado e leve caráter lácteo. Sabor untuoso e de final prolongado. Foi fermentado em carvalho. Um branco bem gastronômico.

Classificação: Muito bom.

Salton Sétimo 2011

Este é um novo tinto que só vai para o mercado daqui a um ano. Elaborado com as variedades Tannat, Marselan, Teroldego, Ancelotta, Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc e Merlot, amadureceu 18 meses em carvalho. Na ocasião, estava apenas 15 dias na garrafa. Sua cor é violácea. O aroma, de boa complexidade, remete a chocolate, fruta madura delicada, leve especiado, mentol e café. Paladar muito equilibrado, com final longo e ótima acidez, fresco.

Classificação: Excelente


 Espumante Salton Gerações José Salton

A ser lançado em breve, este é um espumante elaborado com as castas Pinot Noir e Chardonnay, com quatro anos de contato com as leveduras. Apenas 13 mil garrafas foram produzidas. Sua coloração é amarelo dourado. Mostra na taça bolhas finas e duradouras. No nariz traz leves notas de frutas tropicais, como carambola, além de caramelo e tostado. Na boca tem boa acidez. Bem gastronômico.


Classificação: Muito bom.