quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Barolo, Barbaresco? Não, Gattinara!

Gattinara é uma comuna italiana ao norte do Piemonte onde está a região demarcada de mesmo nome. Com Denominação de Origem Controlada e Garantida (DOCG), assim como seus famosos “conterrâneos” Barolo e Barbaresco, também tem em sua composição a uva Nebbiolo. A vantagem desse vinho é que ele é um pouco mais barato, porém mostra qualidade compatível aos outros dois citados. O Gattinara tem um pouco menos de corpo que o Barolo e o Barbaresco, mas também costuma exibir boa complexidade e capacidade de envelhecimento.

Tomei recentemente um rótulo desta DOCG que me foi presenteado por uma grande amiga e confesso que fiquei muito bem impressionada com o produto. Confira a avaliação:


Gattinara Travaglini 2007

Tipo: Tinto.
Produtor: Travaglini.
Origem: Toscana, Itália.
Visual: Cor rubi claro com traços alaranjados.
Olfato: Erva doce, canela, flores secas, morango, menta e discreto toque de couro.
Paladar: Corpo leve, taninos macios e final prolongado. As sensações do sabor são semelhantes às sentidas no nariz.
Outras considerações: Um vinho elegante, que se “abre” na taça mostrando a cada minuto uma diferente nuance. Elaborado 100% com a casta Nebbiolo, amadureceu três anos em madeira (sendo dois anos em carvalho esloveno) e mais três meses em garrafa. Possui 13,5% de álcool. Tem capacidade de melhorar com a guarda.

Classificação: Excelente.
Média de preço: No Brasil, R$ 178 (Importadora World Wine)