sexta-feira, 24 de abril de 2015

É hora de harmonizar vinho e fondue de queijo


Nem precisa as águas de março fecharem o verão para os brasileiros “se jogarem” em pratos típicos de climas mais frios, como é o caso da fondue. Essa iguaria de origem suíça é sinônimo de sucesso em qualquer lugar do mundo. E aqui não poderia ser diferente. Mas você sabe quais vinhos combinam melhor com ela?

A fondue originalmente é aquela feita à base de queijo. Para o seu preparo, utilizam-se as variedades Gruyère e Emmental acrescentando-se noz moscada e alho, além de vinho branco e kirsch (bebida fermentada de cereja). A pasta final é acondicionada em um réchaud (panela que pode ser aquecida na própria mesa). Degustá-la é um verdadeiro ritual, onde os comensais espetam pedaços de pão e passam generosamente na mistura fumegante de queijos.

A receita pode ser preparada em casa ou comprada já pronta, em embalagens à vácuo. Nas lojas de produtos gourmet é fácil encontrar o produto, inclusive de origem suíça. Existem algumas marcas brasileiras que também disponibilizam a pasta, porém dê preferência as que utilizam queijos de qualidade, se possível o próprio Gruyère ou Emmental.

HARMONIZANDO - O sabor da fondue de queijo pode ser potencializado pelo vinho correto. Preferencialmente, o prato pede vinhos brancos com boa acidez - elemento fundamental para enfrentar a gordura dos queijos. Os rótulos elaborados no Novo Mundo com a uva Chardonnay normalmente caem muito bem. Se conseguir, experimente também com brancos alemães secos feitos com a variedade Riesling.

Mas a fondue de queijo também pode ser harmonizada com vinhos tintos, desde que estes sejam simples, leves e também com boa acidez. Invista nos feitos com as variedades Pinot Noir, Merlot ou em um Valpolicella (italiano do Vêneto). Rosés mais encorpados também são permitidos.

Um brinde e bom apetite!

No Recife, indico a fondue da marca Campo da Serra (www.campodaserra.com.br)