segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Allesverloren Tinta Barroca 2013


Fiquei bastante curiosa em provar este vinho produzido na África do Sul com uva uva Tinta Barroca, que é plantada quase exclusivamente na região do Douro, em Portugal, e muito pouco usada para a elaboração de varietais (vinhos de uma só uva). Inclusive, a grafia original que eles utilizam no rótulo, o 'Barroca' da uva Tinta Barroca vem escrito com duas letras "c", diferente de Portugal.

No final, me agradei bastante do vinho, que não tem tanta tipicidade da variedade, mas mostrou-se muito redondo. Confira a avaliação:

Tipo: Tinto.
Produtor: Allesverloren
Origem: Swartland, África do Sul.
Visual: Cor rubi violáceo de média profundidade.
Olfato: Aromas adocicados que lembram frutas vermelhas em compota, canela, baunilha, groselha e um leve mentolado.
Paladar: Volumoso, de taninos macios e doces e final prolongado. O sabor repete as sensações do nariz e ainda mostra um certo apimentado no final de boca.
Outras considerações: Um vinho feito com uva portuguesa, mas com cara do Novo Mundo. Seu amadurecimento foi de oito meses em barricas de carvalho de primeiro, segundo e terceiro usos. Tem 14% de álcool.

Classificação: Muito Bom.
Média de preço: R$ 64 (www.wine.com.br)