quinta-feira, 27 de março de 2008

Vinho no supermercado?

Sempre tenho dado aqui no blog sugestões de supermercados onde o leitor pode encontrar alguns vinhos comentados. Porém, tem gente que costuma torcer o nariz para a venda da bebida nesses estabelecimentos.

Então, vamos trocar idéias!

É verdade que em grande parte dos supermercados o armazenamento não é ideal. As garrafas ficam na posição vertical, a iluminação normalmente é muito intensa, a temperatura nem sempre é adequada e o transporte do produto até a prateleira é uma incógnita. Esses fatores certamente influiriam na minha compra se eu fosse adquirir um vinho mais caro, de safras mais antigas ou para guarda. Porém, se é para o vinho do dia-a-dia - aquele mais acessível - não vejo nenhum problema em colocá-lo no carrinho e tomá-lo no jantarzinho à noite. É bem divertido chegar no final das compras e poder garimpar um novo rótulo para provar.

"Mas não existe vinho bom em supermercado”, é o que muita gente fala. O sommelier Manoel Beato, profissional que eu admiro muito, não pensa desta maneira “Há 20 anos, podia ser assim, mas hoje há bons e até mesmo excelentes rótulos nos supermercados”, diz ele. Alguns supermercados já contam com adegas que deixam o vinho repousando na horizontal e evitam luzes diretas sobre os produtos. Ponto para eles. Ainda assim, se o vinho que você comprou junto com sua feira não estava bom (relativo à conservação... hehe), leve para trocar. É seu direito.

4 comentários

Anônimo disse...

cunhada, vi uma notinha hj no JC sobre um lançamento da Miolo 2008...tu viu??? tem inclusive a estampa de romero brito....pena que não lembro o nome dele...mais um pra provar...bjo.

Anônimo disse...

nem assinei...vanessa.

Anônimo disse...

hum..lembrei Gamay...

Fabiana Gonçalves disse...

vi sim, cunhada. já dei uma notinha sobre ele. Vê aí: http://www.escrivinhos.com/2008/03/embalado-para-presente.html

bjs!
amanhã tem ragú!