segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Como foi fazer o “Meu Vinho com Susana Balbo”

Na noite desta segunda-feira (19) será anunciado o vencedor do projeto “Meu Vinho com Susana Balbo”, do qual eu tive o imenso prazer de participar, junto com um grupo de um pouco mais de 20 enoblogueiros do Brasil.

Só explicando para os que ainda não estão inteirados do assunto, a iniciativa é da enóloga argentina Susana Balbo, proprietária da vinícola Domínio del Plata, junto com a importadora Cantu. Os participantes escolhidos receberam em casa amostras de vinhos e instrumentos necessários para a elaboração da sua própria bebida. O vinho vencedor vai ser engarrafado e lançado na próxima edição da Expovinis, em São Paulo.

Para mim foi uma experiência extremamente enriquecedora, pois deu para se ter uma pequena noção do quão é minucioso o trabalho de um enólogo. Diante de cinco diferentes amostras de diferentes regiões de Mendoza (Cabernet Sauvignon de Altamira, Cabernet Sauvignon de Ugarteche, Malbec de Vistalba, Malbec de Gualtallary e Tannat de Ugarteche), uma infinidade de possibilidades. A primeira “missão” foi fazer a análise sensorial dos vinhos e enumerar suas características. Depois de devidamente avaliados, chegou a hora de pensar nas combinações. Mais de vinte taças (todas etiquetadas e identificadas) foram usadas no processo, que começou às 21h e terminou por volta de 0h30.

A princípio, fiz cortes com as amostras que mais havia gostado (vale salientar que todos os vinhos vieram num ótimo padrão). Por fim, “misturas” diversas foram elaboradas, o que me fez chegar à conclusão que cada enólogo tem um pouco de alquimista.

Uma das amostras, elaborada mais ou menos no meio do “processo”, me chamou bastante a atenção desde o momento em que ficou pronta. E continuou evoluindo até o final, terminando ela a escolhida: um corte de Cabernet Sauvignon de Ugarteche (80%), Cabernet Sauvignon de Altamira (10%) e Malbec de Vistalba (10%).

A proposta é de um vinho frutado, agradável ao nariz. Redondo no paladar, fácil de tomar, porém com estrutura. Uma bebida com toque feminino, mas feita para agradar a todos os paladares.

Agradeço à Cantu e a Susana Balbo pela maravilhosa oportunidade de participar do projeto, que para mim já foi uma vitória.

Agora é esperar o resultado!

1 comentário

Fabiana Gonçalves disse...

O resultado saiu! O vencedor foi o colega Deco Rossi, do blog Enodeco. Mais uma vez, reforço que foi uma grande honra participar deste projeto. Agradeço aos que torceram por mim e aos organizadores por me darem uma oportunidade de participar de uma iniciativa tão bacana!