terça-feira, 9 de agosto de 2016

Papa Francisco utilizará vinho argentino em suas celebrações


O Arcebispo de Buenos Aires e cardeal primaz da Argentina, Dom Mario Aurelio Poli, apresentou no último domingo (07), durante a celebração da missa de São Caetano, realizada na Catedral Metropolitana, um vinho especialmente elaborado para o Papa Francisco. 

Batizado de “Todos”, o vinho é e certificado pelo Arcebispado de Mendoza como apto para a celebração de missas. Foram produzidos 450 litros do produto, elaborado com a variedade branca Torrontés Riojano proveniente de plantações de pequenos produtores das regiões de Salta, Catamarca, La Rioja, San Juan, Mendoza e Río Negro.



“Estes viticultores participam dos Centros de Desenvolvimento Vitícola, um programa de integração e transferência tecnológica no âmbito do Plano Estratégico do setor, coordenado pelo Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária e da Corporação Vitivinícola (INTA)", explica o diretor do Centro Regional Mendoza-San Juan INTA, José Gudiño.

As uvas foram vinificadas na planta piloto da Estação Experimental Agropecuária de Mendoza, no Departamento Luján de Cuyo e será enviado ao Vaticano. Está previsto que o Papa Francisco celebre com o vinho “Todos” a missa de santificação do beato argentino José Gabriel Brochero, no próximo mês de outubro.