terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Que tal beber um vinho maturado com meteorito?

Loucura ou estratégia de marketing? Ian Hutcheon, inglês que vive no Chile, mais exatamente no Vale do Cachapoal, divide-se hoje entre duas atividades que são suas paixões: os vinhos e a astronomia.

Ao invés de produzir vinho biodinâmicos (baseados nos ciclos lunares e na natureza), ele foi mais longe e resolveu colocar dentro do seu vinho, feito com a uva Cabernet Sauvignon, um meteorito de um pouco mais de sete centímetros de diâmetro, que caiu no deserto do Atacama, no Chile, por volta de seis mil anos atrás e com idade estimada de 4,5 bilhões de anos.

Durante 12 meses, a pedra permaneceu junto ao vinho em um barril de carvalho. Ela foi colocada junto à bebida a partir da etapa da fermentação malolática.

“Quando você toma este vinho, você está bebendo elementos da idade do sistema solar", é o que diz Ian Hutcheon sobre sua criação. O vinho foi batizado de “Meteorito” e por enquanto só é vendido na propriedade de Ian, no Chile.

Mais em Discovery News.