quarta-feira, 9 de março de 2016

Curso de sommelier profissional da ABS no Rio Grande do Sul acontece dentro de vinícolas


No curso de sommelier profissional da Associação Brasileira de Sommeliers de São Paulo (ABS-SP), pelo qual me formei, as aulas teóricas e práticas são realizadas dentro de sala. Pois no Rio Grande do Sul a coisa é bem mais interessante. As atividades acontecem dentro de algumas vinícolas da região. Talvez por isso o sucesso da iniciativa.

Orestes de Andrade Júnior, vice-presidente da ABS-RS, contou que muitos alunos vieram de outros estados para frequentar as aulas desta segunda turma do curso. "Mesmo em um período de forte crise econômica, nos surpreendeu que as inscrições se esgotaram rapidamente. Foi até necessário abrir uma lista de espera”, observou.

O primeiro módulo aconteceu no último fim de semana, na vinícola Aurora, em Bento Gonçalves. Os 40 inscritos tiveram aula com Mário Telles Júnior, que já presidiu o capítulo paulista da ABS. Nessa fase, os alunos tiveram noções de harmonização, degustação, além de conhecerem as funções de um sommelier. Na oportunidade, também foram estudados os vinhos do Rhône, do Vale do Loire, da Alsácia, da Provence, do Sudoeste da França e do Languedoc-Roussillon.

O segundo módulo, na vinícola Don Guerino, em Alto Feliz, entre 15 e 17 de abril, será ministrado por Arthur Azevedo, profissional que atualmente preside a ABS-SP. Os alunos terão noções básicas de vinificação, além de estudarem Champagne, espumantes do mundo, vinhos da Austrália e da Nova Zelândia. Outro experiente diretor da ABS-SP, José Luiz Borges, também ministrará um módulo do curso. 

Além de Aurora e Don Guerino, também sediarão as atividades as vinícolas Salton, Casa Valduga e Miolo. O último módulo, o de serviço, será no Spa do Vinho, sede oficial da ABS-RS.