quinta-feira, 3 de março de 2016

Juan Carrau Tannat de Reserva 2010 (#CBE)


"Tannat do Uruguai, sem limite de preço". Este foi o tema do mês da Confraria Brasileira de Enoblogs (CBA) sugerido pelos colegas Maykel e Anna, do Blog Vinho por 2. Gostei bastante da ideia, pois fazia tempo que não degustava um Tannat uruguaio. Então, foi a chance de abrir esta garrafa que tinha já guardada há algum tempo em casa.

Tipo: Tinto.
Produtor: Bodegas Carrau.
Origem: Las Violetas/Cerro Chapeu, Uruguai.
Visual: Cor rubi de média profundidade com traços granada.
Olfato: De média intensidade, com notas de alcaçuz, ameixa baunilha, fumo, ervas secas e um toque tostado.
Paladar: Médio corpo, bem adstringente e de final entre médio e prolongado. As mesmas sensações do nariz reaparecem no sabor.
Outras considerações: Já havia provado este vinho, porém o da safra de 2007. Achei este bastante sério, fechado. Elaborado 100% com uvas Tannat, o vinho maturou durante 18 meses em barricas francesas e americanas. Tem 14% de álcool e é uma boa companhia para carnes vermelhas.

Classificação: Muito Bom.
Média de preço: R$ 115 [Importado pela Zahil] (comprei por menos de R$ 50 há poucos anos, no Uruguai)