terça-feira, 4 de outubro de 2016

BIS Rosé 2015 (#CBE)

E cá estou mais uma vez aqui com o tema mensal da Confraria Brasileira de Enoblogs (CBE). Este mês de outubro, a escolha foi do confrade Alexandre Takei (Blog Notas Etílicas), que indicou uma deliciosa escolha para comentarmos: um rosé do Velho Mundo.

A minha opção foi por este rosé portuga, provado recentemente durante a feira de vinhos Variedade. Confira a avaliação.


Tipo: Rosé
Produtor: Encostas de Estremoz.
Origem: Alentejo, Portugal
Características: De coloração salmão, este rosé é elaborado com as uvas tintas Aragonês (50%) e Touriga Nacional (50%) através do método de bica aberta (onde as partes sólidas das uvas são separadas do mosto antes de se iniciar a fermentação). Apresenta um aroma delicado que tende para notas florais, de frutas vermelhas silvestres (principalmente morango) e de pêssego. Na boca, apresenta corpo de leve a médio e uma boa acidez, que o tornam um vinho fresco e bastante agradável. O sabor assemelha-se às sensações do nariz, dando um tom descontraído e ao mesmo tempo saboroso ao paladar. 

Classificação: Bom/Muito Bom
Média de preço: R$ 58 (No Recife, na Dom Vinho – R. Januário Barbosa, 67, Madalena)