quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

O blog conferiu: noite de australianos e sul-africanos no Recife

O restaurante Ponte Nova, na Zona Norte do Recife, foi o local escolhido pela importadora KMM para mostrar alguns vinhos de seu portfólio, que agora estão sendo trazidos à cidade pela distribuidora Dom Vinho.

Cinco rótulos foram apresentados pelo gerente da KMM, Gilson Silva, em um jantar harmonizado cheio de surpresas. A primeira delas foi servida em decanter: um branco de boa acidez, com porte. Para a surpresa de muitos, tratava-se de um sul-africano, embalado em bag-in-box:

Namaqua Dry White

Produtor: Namaqua.
Origem: Olifants River, África do Sul.
Visual: Amarelo ouro.
Olfato: Pêssego, pêra e notas minerais.
Paladar: Doçura equilibrada com boa acidez. Leve mel, frutas brancas e discreto cítrico.
Outras considerações: Elaborado com as uvas Colombard e Chenin Blanc, este branco tem 12,5% de graduação alcoólica. É comercializado em embalagem bag-in-box de 3 litros.


Classificação
: Bom
Faixa de preço: R$ 110

Three Steps Chardonnay – 2008

Produtor: Hope Estate.
Origem: Hunter Valley, Austrália.
Visual: Amarelo palha com reflexos dourados.
Olfato: Frutas brancas, notas empireumáticas (fósforo, mais especificamente) e minerais, além de um leve tostado.
Paladar: Um branco com corpo, que repete as impressões do nariz. Acidez presente. Persistência ligeira.
Outras considerações: Para mim, esta safra deve ser bebida logo, pois se guardada vai começar a decair. O vinho foi feito apenas com a variedade Chardonnay e estagiou dez meses em carvalho francês. Sua graduação alcoólica é de 12,5%.

Classificação: Bom (beber logo)
Faixa de preço: R$ 60

Namaqua Pinotage - 2008

Produtor: Namaqua.
Origem: Olifants River, África do Sul.
Visual: Cor rubi bem claro e brilhante.
Olfato: Muita fruta vermelha, principalmente ameixa, floral, leve defumado e eucalipto.
Paladar: Médio corpo, taninos adocicados. O defumado marca o sabor do vinho, com um fundo frutado, formando um belo conjunto.
Outras considerações: Feito 100% com a uva Pinotage. Teve passagem por madeira. Apresenta 14,5% de álcool.

Classificação: Muito Bom/Excelente.
Faixa de preço: R$ 50.

Three Steps Shiraz – 2008

Produtor: Hope Estate.
Origem: Hunter Valley, Austrália.
Visual: Rubi escuro.
Olfato: O vinho evolui muito na taça. Começa apresentando notas de azeitona preta portuguesa, defumado, depois abre para goiaba e termina com uma doçura de passa de caju.
Paladar: Sente-se, inicialmente, uma leve efervescência, embora não tenha percebido bolhas no exame visual. A fruta e o defumado voltam à boca, junto com toques ligeiramente apimentados e de baunilha.
Outras considerações: Confesso que a efervescência me incomodou. Mas o vinho, com seu rico conjunto, é uma boa bebida, altamente gastronômica. Elaborado apenas com a uva Shiraz, amadureceu 12 meses em carvalho americano.

Classificação: Bom.
Faixa de preço: R$ 60.

Hope Estate Shiraz – 2007

Produtor: Hope Estate.
Origem: Hunter Valley, Austrália.
Visual: Cor rubi escura.
Olfato: Aromas envolventes de fruta madura, eucalipto, café e chocolate.
Paladar: Macio, traz de volta a fruta com bastante intensidade, assim como as outras características do olfato. Longo agradável final.
Outras considerações: Feito somente com uva Shiraz, o vinho passou 12 meses em carvalho americano. Teor alcoólico de 13,5%.


Classificação
: Excelente
Faixa de preço: R$ 98.
--
Onde encontrar os vinhos:
No Recife, na Dom Vinho: (81) 3466-2525
Em São Paulo, na KMM (www.kmmvinhos.com.br)