terça-feira, 29 de outubro de 2013

Saiba como foi o Winebar ao vivo com o Champagne Maxime Blin

Na última sexta-feira, o Winebar ao Vivo - degustação virtual que reúne formadores de opinião do vinho de diversas partes do país, promoveu uma prova de champagne Maxime Blin, importado pela Vinea. Na ocasião, o mediador Daniel Perches (blog Vinhos de Corte) conversou com o jovem produtor e enólogo Maxime Blin, que respondeu às perguntas dos mais de vinte blogueiros e jornalistas participantes do encontro.

A MARCA
- Apesar da família já estar no ramo há muitos anos vendendo champagne, só em 1988 começou a produzir seus próprios rótulos. Possuem 12 hectares de vinhedos em Trigny, localidade a dez quilômetros de Reims, onde produzem Pinot Noir (50%), Chardonnay (25%)e Pinot Meunier (25%). Na Maison Maxime Blin, o vinho base sempre amadurece por um ano antes da produção do champagne.
Na ocasião, degustamos o seguinte rótulo (um dos seis produzidos pela casa):

Champagne Maxime Blin Brut Rosé

Tipo: Espumante.
Produtor: Maxime blin.
Origem: Champagne, França.
Visual: Cor salmão. Bom perlage, com bolhas finas e intensas.
Olfato: Frutas vermelhas frescas, panetone.
Paladar: Evoluído, traz as mesmas características do nariz e um toque de amêndoas e frutas secas. Boa cremosidade. Acidez correta.
Outras considerações: Elaborado unicamente com a variedade Pinot Noir, tem 12% de graduação alcoólica. Harmonizou muito bem com um ensopado de caranguejo.

Classificação: Muito Bom/Excelente.
Preço: R$ 273 [www.vineastore.com.br]