terça-feira, 14 de abril de 2015

Degustação dos vinhos da Bodega Norton


Há quatro anos estive na bodega argentina Norton, em Mendoza, na Argentina, que me encantou tanto por sua grandiosidade como também por ser um local bastante acolhedor para se visitar. Ontem (13), tive o prazer de encontrar a diretora de exportação da marca para a América do Sul, Judith Bernal, numa degustação promovida pela importadora Winebrands e pela distribuidora RM, no Recife.

Na ocasião, pude conhecer rótulos que ainda não havia provado e saber algumas novidades da vinícola, que hoje tem o Brasil como seu 4º principal mercado. De lá para cá, o enólogo chefe da Norton, Jorge Riccitelli, foi eleito enólogo do ano pela Wine Enthusiast e esta mesma publicação classificou o Norton Reserva Malbec 2010 entre os 100 melhores vinhos do mundo.

Este ano, a Norton está completando 120 anos. É a bodega mais antiga em operação ao sul de Mendoza. Fundada pelo engenheiro inglês Edmund James Palmer Norton, foi comprada em 1989 pelo empresário austríaco Gernot Langes-Swarovski (o mesmo dos famosos cristais).

Confira a minha opinião sobre os vinhos degustados:

Norton Cosecha Especial Brut Rosé


Elaborado pelo método charmat (fermentação em tanques de inox) com as variedades Chardonnay (50%) e Pinot Noir (50%) é um espumante de bonita coloração cereja, borbulhas finas e de boa intensidade. Seu aroma é delicado, com notas de frutas vermelhas silvestres, como framboesa e morango. Paladar leve, cremoso e refrescante. Doçura equilibrada com a boa acidez. O sabor é frutado, semelhante às impressões do nariz. Tem 12% de álcool.

Classificação: Bom
Preço: R$ 55,90

Norton Roble Pinot Noir 2011


Esta linha da Norton em alguns países chama-se Barrel Select. Este Pinot Noir tem uvas cultivadas, segundo Judith Bernal, em uma área mais fria e de maior altitude do Vale de Uco. Mesmo assim, é um vinho bem “temperado”, diferente dos Pinot Noir de climas mais amenos. Sua coloração é rubi um pouco mais fechada para este tipo de uva, porém ainda de pouca profundidade. No nariz percebem-se notas florais, de azeitonas pretas, baunilha e canela. Paladar de corpo leve e equilibrado. Surgem notas de chocolate, além das mesmas sensações do olfato. Parte do vinho (50%) maturou 12 meses em carvalho francês novo e usado. Tem 14,5% de álcool. Aconselha-se deixar “respirar” na taça para que mostre as suas melhores características.

Classificação: Bom
Preço: R$ 35,50

Norton D.O.C. Malbec 2011


Na Argentina, somente sete vinícolas estão autorizadas a utilizar a sigla DOC (Denominação de Origem Controlada) em vinhos feitos com a uva Malbec. Este é um deles. Sem dúvida, o vinho da Norton mais conhecido no Brasil. Elaborado em Lujan de Cuyo com 100% de uvas Malbec, ele estagiou parcialmente (50%) em barricas de carvalho francês de primeiro e segundo uso. Sua cor é violácea brilhante e o intenso aroma traz toques de café, ameixa, eucalipto e caramelo. Encorpado, seu paladar envolve sabores de especiarias, café e fruta madura, junto com um toque tostado. Tem graduação alcoólica de 14%.

Classificação: Bom/Muito Bom.
Preço: R$ 38,90

Norton Reserva Syrah 2009


Para mostrar que a Norton vai além do Malbec, Judith mostrou mais um tinto feito com outra uva. Desta vez um Syrah. Sua cor é um rubi intenso e o aroma aponta uma boa gama de sensações, com notas tostadas, de morango, ameixa, cravo, noz moscada e pimenta do reino. Deve-se deixar o vinho respirar, pois ataque inicial é bastante alcoólico. Esta sensação melhora bastante com a aeração. Na boca o corpo é médio e bem especiado. Apresenta boa acidez e final prolongado, repetindo no sabor as características do olfato. Tem 14,5% de álcool e maturou 12 meses em carvalho francês e envelheceu mais 12 meses em garrafa.

Classificação: Muito Bom.
Preço: R$ 62,95

Norton Cosecha Tardía Espumante


Elaborado 100% com a variedade Chardonnay colhida supermadura, é um espumante com a proposta de ser doce, mas que apresenta esta característica na medida certa, sem ser enjoativo, talvez pela sua excelente acidez no paladar. O aroma traz notas principalmente de maçã verde e um pouco de pêssego, formando um delicado conjunto. É produzido através do método Charmat (com fermentação em tanques de inox) e tem 12% de graduação alcoólica.

Classificação: Muito Bom/Excelente
Preço: R$ 42,90.

*No Recife, os vinhos da Norton podem ser encontrados nas lojas RM Express. Zona Norte [Santo Amaro] - (81) 3036.0500 | Zona Sul [Boa Viagem] - (81) 3032.8200.