quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Degustação na Quinta do Bom Retiro


Após a visita na Quinta da Ervamoira, seguimos para a Quinta do Bom Retiro, uma das mais antigas da região do Douro, em Portugal, adquirida em 1919 pela Casa Ramos Pinto. Banhada pelo Rio Torto, a propriedade possui mais de 110 hectares de área, dos quais 62 hectares estão plantados com vinhas apenas de uvas tintas. Essas plantações, distribuídas em patamares, estão em altitudes que variam dos 100 aos 400 metros, formando uma belíssima paisagem de tons distintos.


Além das plantações, na Quinta da Ervamoira funciona um centro de vinificação, onde o destaque fica para os dois lagares de granito com capacidade para nove mil quilos de uvas cada. Nesses tanques é feita a tradicional pisa-a-pé das uvas.


A casa principal, onde nos hospedamos, é uma construção que mantém todo o charme da época em que foi construída. Lá, podemos encontrar uma das primeiras piscinas da região do Douro, além de um bem cuidado jardim clássico, que conta com diferentes variedades de árvores frutíferas.


Foi nesse cenário onde fizemos uma degustação de grandes vinhos, durante um delicioso jantar. Confira a seguir a minha opinião sobre os rótulos provados:

Adriano Porto White Reserva


Tipo:
Porto.
Produtor: Ramos Pinto.
Origem: Douro, Portugal.
Visual: Cor âmbar.
Olfato: Mel, frutas secas, resina e especiarias.
Paladar: Cremoso, com boa doçura, acidez presente e final prolongado. O sabor reproduz as sensações do nariz.
Outras considerações: Elaborado com as castas Codega, Malvasia Fina, Viozinho e Rabigato. É feito com vinhos que envelheceram em média menos sete anos nas caves da Casa Ramos Pinto, em Vila Nova de Gaia. Tem 19% de álcool.

Classificação: Excelente.

Duas Quintas Reserva 2013


Tipo: Tinto.
Produtor: Ramos Pinto.
Origem: Douro, Portugal.
Visual: Violeta profundo.
Olfato: Floral, frutas escuras, erva doce e baunilha.
Paladar: Ainda jovem, porém já equilibrado. Mostra uma acidez interessante e o sabor traz de volta as características do olfato, junto com um toque de café.
Outras considerações: Tem em sua composição as melhores uvas da Quinta da Ervamoira e da Quinta dos Bons Ares, incluindo as variedades Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Barroca. Após a fermentação malolática, estagia em pipas de carvalho novo por um período de 18 meses. Depois de engarrafado, envelhece durante um ano na Quinta dos Bons Ares. Tem 14,5% de álcool.

Classificação: Excelente (vai evoluir com a guarda)

Ramos Pinto Porto Vintage 2000


Tipo:
Porto.
Produtor: Ramos Pinto.
Origem: Douro, Portugal.
Visual: Cor violeta de média profundidade.
Olfato: Ameixa, floral, erva doce e chocolate.
Paladar: Encorpado, com bom equilíbrio entre acidez e doçura. Voltam as características percebidas no olfato junto com notas de café e pimenta do reino. Final prolongado.
Outras considerações: Elaborado com Touriga Nacional (60%), Tinta Roriz (15%), Tinta Barroca (10%) e outras variedades provenientes de vinhas velhas, pisadas a pé em lagar, com envelhecimento de dois anos em madeira. É um vinho que tem muito ainda a evoluir. Sua graduação alcoólica é de 20%.

Classificação: Muito Bom/Excelente (vai evoluir com a guarda)

Ramos Pinto Porto 20 Anos Quinta do Bom Retiro


Tipo:
Porto.
Produtor: Ramos Pinto.
Origem: Douro, Portugal.
Visual: Cor âmbar pouco profunda.
Olfato: Complexo, envolve notas de caramelo, frutas secas, tostado, baunilha, erva doce e pimenta.
Paladar: Encorpado, untuoso, muito equilibrado e elegante. Tem as mesmas características do nariz e ainda traz um toque amendoado. Final persistente.
Outras considerações: Traz em sua composição as variedades Touriga Franca, Touriga Nacional, Tinta Roriz, Tinta Barroca e Tinto Cão. É um blend proveniente da seleção de vários lotes originários da Quinta do Bom Retiro. A idade média dos vinhos usados é de 20 anos, porém entraram no blend final vinhos datados de 1900 e 1909. Tem 20% de álcool. No Brasil, este rótulo estampa um desenho mais clássico.

Classificação: Excelente/Excepcional.

Os vinhos da Ramos Pinto são importados pela Licínio Dias (LD) Importação e Grupo Franco-Suissa.